ChimpFace testa com sucesso seu software que detecta tráfico de vida selvagem online

ChimpFace testa com sucesso seu software que detecta tráfico de vida selvagem online

Em abril de 2020, o piloto do ChimpFace testou seu software que detecta tráfico de vida selvagem online desenvolvendo e implantando um algoritmo para identificar rostos de chimpanzés jovens e bebês em vídeos abertos postados no YouTube. O teste do piloto confirmou com sucesso a viabilidade técnica e o potencial da ferramenta.

O algoritmo mostrou que tem alta precisão e uma taxa baixa de falsos positivos. A implantação buscou vídeos marcados com palavras-chaves associadas com a venda de animais (nome da espécie, promoção, pet etc) e automatizou a identificação de rostos de chimpanzés. O teste deu um retorno de aproximadamente 100 vídeos recentes que atenderam os parâmetros procurados, incluindo situações claras de exploração de chimpanzés.

Com este teste concluído, a equipe do ChimpFace celebra mais uma conquista e continua a buscar apoio para a melhoria da tecnologia, a qual se demonstra ser muito útil para identificar e combater o mercado internacional de venda ilegal de animais.

“Com o algoritmo para a identificação de palavras chaves e reconhecimento de imagens, o ChimpFace vai detectar posts ilícitos de forma mais precisa e em uma escala maior do que os atuais esforços de busca feitos manualmente. As informações coletadas ajudarão a revelar redes de crimes, possibilitando um maior progresso em relação aos alvos e comprometimentos definidos nas políticas nacionais e convenções internacionais”, explica a conservacionista Alexandra Russo, uma das idealizadoras do ChimpFace.

Para perguntas e mais informações, contatos em [email protected].

Por Jaqueline B. Ramos

Fonte: GAP

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.