China apreende duas toneladas de escamas de pangolim contrabandeadas

China apreende duas toneladas de escamas de pangolim contrabandeadas
O pangolim está entre os animais em perigo de extinção - AFP/Arquivos

Agentes alfandegários no sudoeste da China apreenderam 2,2 toneladas de escamas de pangolim e prenderam um grupo de traficantes de animais silvestres ameaçados de extinção.

Dois suspeitos foram detidos na cidade de Yulin, em Guangxi, por oficiais da alfândega, informou o Diário do Povo.

As escamas de pangolim foram contrabandeadas do Vietnã, informou a agência de notícias oficial Xinhua.

O pangolim está entre as espécies ameaçadas de extinção e suas escamas são cobiçadas na medicina tradicional como remédio para diversos males.

A China aumentou o nível de proteção do animal devido ao seu declínio, que acarreta pesadas sentenças para caçadores e contrabandistas.

Em janeiro, um tribunal chinês prendeu 17 pessoas por contrabandear 23 toneladas de escamas de pangolim da Nigéria para a China. 
 
A China proibiu a importação de produtos de pangolim em 2018 e a caça furtiva de animais em 2007.

Estudos sugerem que o pangolim pode ter sido um portador intermediário que transmitiu o coronavírus aos humanos quando ele apareceu em um mercado na cidade chinesa de Wuhan no ano passado.

Fonte: ISTOÉ Dinheiro

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.