Chocante: homem atrai um gato e o chuta por cima de uma cerca; polícia australiana indicia agressor

Chocante: homem atrai um gato e o chuta por cima de uma cerca; polícia australiana indicia agressor
O vídeo chocante de um homem que chuta um gato por cima de uma cerca reapareceu na internet, e fez com que a polícia de Victoria emitisse um apelo para identificar o suposto agressor. Foto: Facebook (sem identificação do usuário)

A procura por um suposto agressor de animal ficou ativa após o vídeo de um gato que foi cruelmente chutado por cima de uma cerca foi republicado na internet.

A polícia de Victoria, na Austrália, publicou a imagem de um homem, a qual acredita que possa ajudar em suas investigações após os policiais da delegacia de Horsham terem recebido a filmagem revoltante.

No último dia 7, a polícia anunciou que entrevistou um rapaz de 19 anos com conexão a um dos vídeos, entretanto, o segundo homem ainda permanece não identificado.

Os dois vídeos parecem ter sido filmados no mesmo quintal, e o suposto agressor do segundo vídeo usava o mesmo jeans e o mesmo moletom cinza.

A polícia disse que ainda não se sabe quando ou onde esses vídeos foram filmados, entretanto, a filmagem circulou pelo Facebook por algum tempo e foi republicada no dia 27 de fevereiro.

No primeiro vídeo, o homem atrai um gato ao balançar um pedaço de comida por cima de sua cabeça, e o encoraja a ficar de pé para alcançar o alimento.

O homem então joga sua perna para trás e chuta o animal por cima da cerca do quintal com um barulho repugnante, causando risadas de seus amigos.

No segundo vídeo, publicado em março de 2017, um gato branco e preto está no mesmo quintal quando o homem o chuta do mesmo jeito.

A polícia disse que o rapaz de 19 anos de idade, de Horsham, será acusado por crueldade contra um animal em conexão a um dos vídeos.

Os investigadores publicaram uma imagem do homem barbudo que permanece não identificado, usando seu jeans e moletom cinza.

O vídeo recebeu uma gigantesca resposta dos internautas na mídia social, e muitos pediram por penalidades mais duras para agressores de animais.

“‘O pobre gato inocentemente olhando para cima me parte o coração”, um comentou.

“Existe algo parecido com um registro de crueldade animal? Isso certamente é um precursor para comportamentos mais perigosos”, outro escreveu.

“Eu adoraria colocar minhas mãos nele e dar um tratamento similar. Uma pessoa como essa não vale nada”, um terceiro disse.

A polícia de Victoria liberou imagens do homem que acredita que possa ajudar nas investigações. Foto: Instagram / Victoria Police

Por Olivia Day / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: Mail Online

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.