Cidade catarinense vai garantir ração pra animais carentes e ONGs

Cidade catarinense vai garantir ração pra animais carentes e ONGs
Iniciativa foi aprovada na câmara de vereadores. Foto: Divulgação

Após ser aprovado na Câmara de Vereadores, o projeto de lei que permite a criação de um banco público de ração para animais de estimação foi sancionado e virou lei em Joinville.

A iniciativa prevê a instalação do equipamento pela prefeitura que vai doar ração para os moradores inscritos no Cadastro Único, ou seja, para aqueles que vivem em condição de vulnerabilidade social.

Além disso, tutores que cuidam de mais de 10 animais, ONGs e entidades que atuem em prol da causa animal e estejam cadastradas também vão ser beneficiárias a ração free.

O projeto da vereadora Tânia Larson (UB) prevê que o município aceite doações para abastecer o banco de ração. O poder público deve cuidar da estocagem dos produtos e acompanhar o número de animais atendidos.

A lei proíbe a comercialização das doações, mas permite que a prefeitura faça convênios com empresas para que as funções do banco sejam executadas. A iniciativa é semelhante ao que já rola em Laguna desde 2021. A cidade do sul catarinense tem o maior banco de ração do estado e atende cerca de 900 pets.

Ainda não foi divulgada a data em que o banco vai começar a operar na cidade.

Por Amanda Moser

Fonte: Diarinho

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.