Cidade de Torres Vedras, em Portugal, vai esterilizar animais de particulares com dificuldades financeiras

Torres Vedras, Lisboa, 20 jan (Lusa) – A câmara de Torres Vedras e a Associação de Proteção de Animais (APA) do concelho lançaram hoje uma campanha de esterilização de cadelas e gatas de cidadãos particulares.

“Além da sensibilização nas escolas e junto da comunidade, a solução para travar o abandono e o aparecimento de ninhadas indesejadas é a esterilização de fêmeas”, afirmou à agência Lusa a vice-presidente da APA, Ângela Assis.

A dirigente explicou que era um trabalho que a APA já fazia de forma mais “invisível”- só em novembro a associação esterilizou mais de 170 animais, batendo o seu recorde -, mas espera que a política e a campanha de esterilização seja mais divulgada junto dos cidadãos com esta parceria com o município.

O objetivo da campanha passa por esterilizar 10 animais por mês e por freguesia, percorrendo as 13 freguesias do concelho, a primeira das quais é Campelos e Outeiro da Cabeça, no dia 28.

Segundo a responsável, as esterilizações são “totalmente gratuitas”, desde que o proprietário comprove carências económicas.

Compete às juntas de freguesia escolher os proprietários que demonstrem necessidade de apoio social ou que sejam beneficiários de apoio social.

A vice-presidente da APA adiantou que existem tantos animais por esterilizar no concelho que, “se a associação tivesse capacidade, conseguiria esterilizar 80 animais por mês, dado o número de pedidos de ajuda”.

No âmbito do programa, o município assegura o transporte dos animais para as clínicas veterinárias com quem a APA tem parcerias.

Se mais clínicas vierem a aderir, a associação espera alargar no futuro o número de esterilizações por mês desta campanha.

Fonte: Oeste Global / mantida a grafia lusitana original

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.