Cidade no Chile quer matar 4,5 mil cachorros de rua

Cidade no Chile quer matar 4,5 mil cachorros de rua
O pedido da prefeitura é baseado em uma portaria do Ministério da Saúde (foto: Freepik/Reprodução)

A cidade de San Pedro do Atacama, no Chile, pretende realizar a eutanásia com 4,5 mil cachorros de rua após uma turista brasileira ser atacada por sete cachorros e ficar em estado grave.

O pedido é baseado em uma portaria do Ministério da Saúde do país, após a prefeitura argumentar que três pessoas foram atacadas pelos cães.

Uma das vítimas é uma jovem de 27 anos que morreu depois de ser atacada por uma matilha. A ação do ministério também cita uma criança que precisou amputar uma orelha após o ataque.

Com base nisso, o município argumenta que se trata de uma ação para segurança pública e teme mais ataques dos animais.

Fonte: Correio Braziliense via Diário de Pernambuco


Nota do Olhar Animal: Esta é a resposta do poder público quando os responsáveis pelo assunto nu8nca fizeram nada para controlar a população animal e se sentem cobrados pelos cidadãos ou por uma situação a agirem. Demonstram toda sua incompetência técnica e ética rasa ao propor o extermínio dos animais. Porque existe essa superpopulação se não por conta dessas mesmas autoridades? A primeira providência deveria banir do serviço público essa gente e buscar apoio das ONGs e da classe veterinária para dar início a um projeto sério de controle populacional.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.