Clérigo iraniano cheio de compaixão dedica seu tempo para ajudar animais abandonados

Clérigo iraniano cheio de compaixão dedica seu tempo para ajudar animais abandonados
Fotos: zaerepiadeh/Instagram

Infelizmente, não importa aonde você vá no mundo, animais abandonados são sempre um problema. Nos EUA, existem mais de 70 milhões de animais vagando pelas ruas, mas somente seis a oito milhões tem sorte o suficiente para chegarem até abrigos. E desses que chegam aos abrigos, menos ainda acabam sendo adotados em lares definitivos. Todo o esforço que é feito para dar uma chance aos animais não seria possível sem os incontáveis veterinários, funcionários de abrigos, e voluntários que dão seu tempo e energia. Em alguns países, animais de rua podem não ter essa sorte. Por exemplo, no Irã, abrigos de animais são poucos e muito afastados, deixando muito poucos recursos para os abandonados do país.

Komeli Nezafati, um mulá de 33 anos de idade do Irã, foi tocado para dedicar uma parte de seu já ocupado dia para ajudar animais, depois de ter se deparado com um filhote de cachorro abandonado e faminto cerca de um ano atrás. Apesar de ele sempre ter tido medo de cães, o mulá viu que não poderia deixar o cachorrinho morrer de fome, e nem poderia sentar e não fazer nada enquanto outros animais lutavam para sobreviver.

Quando Nezafati começou a ajudar animais de rua, ele tirava fotos e postava em seu Instagram, @zaerepiadeh.

clerigo_iraniano_dedica_tempo_ajudar_animais_2

Logo, ele conseguiu fundar uma organização chamada Mehr, a palavra persa para “bondade”, para ajudar a alimentar os animais abandonados. Ele também abriu um centro de tratamento para animais que pode abrigar 100 cães e 150 gatos.

clerigo_iraniano_dedica_tempo_ajudar_animais_2

A dedicação de Nezafati para ajudar os cães abandonados causou um pouco de controvérsia devido ao Islamismo denominar os cães como “impuros”. Apesar disso, em resposta, Nezafati disse ao site Iran Wire: “A prática do islamismo na realidade aconselha seus seguidores a serem bons com cães e outros animais… Em nenhum lugar o Islamismo recomenda que você deva abusar de animais ou matá-los”.

clerigo_iraniano_dedica_tempo_ajudar_animais_3

Animais de rua há tempos são um problema no Irã, mas algum dia Nezafati espera abrir um abrigo para proteger os animais de serem mortos pelo município.

clerigo_iraniano_dedica_tempo_ajudar_animais_4

A compaixão de Nezafati para com os animais não é exclusiva somente para cães e gatos. Ele também cuida de mais de 500 aves em sua casa. Além disso, ele espera levantar fundos suficientes para ajudar mulheres e crianças que são forçados a viver nas ruas. É graças à sua bondade e coragem de superar seu medo de cães que tantos animais famintos e doentes estão conseguindo o tratamento que precisam. Você pode ajudar a resolver o problema de animais abandonados em sua região ao escolher adotar seus companheiros animais de um abrigo, ao invés de comprá-los de um criador.

Por  Kat Smith / Alice Wehrle Gomide

Fonte: One Green Planet 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.