Cloro derramado após acidente contamina água e mata animais

Cloro derramado após acidente contamina água e mata animais
Animais marinhos morreram com a contaminação da água. (Foto: Divulgação/Polícia Ambiental)

O cloro derramado por um caminhão que tombou na serra de Maresias em São Sebastião nesta quinta-feira (19) contaminou um curso d’água e matou animais marinhos. O problema foi constatado pela Polícia Ambiental e pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) nesta sexta-feira (20). Amostras de água foram coletada para analisar a possível penalidade a ser aplicada à empresa dona do caminhão.

De acordo com a Polícia Ambiental, o produto químico também causou poluição na área de mata da serra. Alguns animais mortos foram recolhidos para análise.

Nesta sexta-feira foi feito o transbordo do que restava da carga no tanque – cerca de 3 mil litros. A capacidade total do veículo é de 10 mil litros.

A Cetesb informou que na próxima semana emitirá o relatório técnico de todo o atendimento, para embasar eventuais penalizações, em função do episódio.

O caminhão prestava serviços para a Sabesp. A companhia informou que técnicos foram enviados ao local do acidente para a realização de vistoria e estão colaborando com os órgãos ambientais. A companhia também informou que não houve prejuízo ao abastecimento de água da região.

A previsão é que o veículo seja removido da ribanceira apenas na próxima segunda-feira (23).

Acidente

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, o motorista teria perdido o controle da direção e o caminhão caiu em uma ribanceira na altura do km 155 da Rio-Santos.

Ele ficou preso nas ferragens e os bombeiros chegaram a ser acionados para o socorro, mas ele não resistiu e morreu no local.

Motorista morreu após caminhão cair em ribanceira em São Sebastião. (Foto: Divulgação/Polícia Ambiental)

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.