Clube de futebol uruguaio é punido após dirigente dar chute em galinha jogada pela própria torcida

Clube de futebol uruguaio é punido após dirigente dar chute em galinha jogada pela própria torcida
Gaston Alegari, diretor do clube uruguaio Fénix, chuta galinha.

Um fato incomum marcou a Primeira Divisão do Campeonato Uruguaio de futebol. Durante a partida do Fénix contra o Racing, pela sexta rodada da competição, duas galinhas foram atiradas no gramado do estádio Parque Capurro pela torcida da casa, que protestava contra a recente campanha da equipe. No entanto, a reação de um dirigente do clube fez com que o Fénix fosse punido.

Gaston Alegare, diretor de futebol do clube , estava acompanhando o jogo no banco de reservas. Mas quando viu as galinhas dentro de campo, que haviam sido jogadas pelos torcedores, ficou revoltado. Assim, o homem se levantou, e deu um belo pontapé em uma delas. Vale ressaltar que os animais estavam pintados de verde, cores do time rival, que venceu a partida por 1 a 0.

A ação do dirigente caiu nas redes sociais e foi bastante criticada na internet pelos defensores dos direitos dos animais, que manifestaram repúdio pelo ato. Além disso, de acordo com o jornal La Tercera , entraram em protesto e pediram alguma punição. A Federação Uruguaia de Futebol, por sua vez, atendeu o pedido e puniu o clube: o Fénix perdeu o mando de campo do próximo jogo.

O presidente do clube de Montevidéu rebateu às críticas: “Há muita hipocrisia. Muitos criticaram o que Alegari fez, mas amanhã você verá essas pessoas no mercado comprando franco e carne para comer”, disse Álvaro Chijane. Na internet, o diretor de futebol se desculpou pela atitude. “Peço desculpa, não é o meu modo costumeiro de agir. O momento foi desagradável. Estou arrependido”, afirmou Gaston Alegare.

Defesa dos animais

Galinhas jogadas pela torcida do Fénix foram pintadas de verde, as cores do Racing.

“Há pobreza de critério no senhor Gastón Alegari, que não conseguiu controlar sua ira em frente à dezenas de pessoas, sem se importar com nada e fazendo uma barbárie”, escreveu, pedindo punições à Federação Uruguaia , a ONG Animales Sin Hogar, ao solicitar a punição do clube.

Fonte: IG

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.