Com 500 animais na fila, castração volta a ser realizada gratuitamente em Corumbá, MS

Com 500 animais na fila, castração volta a ser realizada gratuitamente em Corumbá, MS
Antes de castração, animais precisam passar por triagem para saber se têm condições de passar cirurgia. (Foto: Renê Marcio Carneiro/ Prefeitura de Corumbá)

Corumbá, distante 419 km de Campo Grande, sempre é noticiada por ter casos de doenças como a raiva e leishmaniose. Desde 2013, a prefeitura não realizava castração de cães e gatos e a ação volta a ser realizada este ano, sendo que já tem 500 animais na fila.

A castração está sendo realizada pelo CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), junto com a prefeitura de Corumbá em parceria com a Gapa (Grupo de Apoio e Proteção aos Animais). São 20 por dia.

Com a ação, a prefeitura quer reduzir a população de animais domésticos soltos nas ruas da cidade. Outra preocupação é inibir a raiva e promover a posse responsável, conforme a Lei Ambiental Federal 9.615, que prevê multa e prisão para tutores que negligenciam seus animais.

Por conta do longo período de paralisação, já existe uma fila com aproximadamente 500 animais que serão encaminhados pelo GAPA para o CCZ.

Para castrar o animal, tem que entrar em contato com a Gapa, sendo que não adianta levar ao centro de zoonoses. Segundo a presidente do Grupo de Apoio, Elizangela de Oliveira Campos Cifuentes, o animal deve passar primeiro por triagem para saber se tem condições de passar por cirurgia. “Uma vez na lista, este animal vai passar por uma triagem para saber se ele tem condições de passar por uma cirurgia ou não. É preciso saber, por exemplo, se ele tem anemia ou alguma doença que gere risco cirúrgico”, complementou.

As castrações serão realizadas sempre de terça a sexta-feira. O tutor do animal leva o bicho um dia antes para o pré-operatório e deve busca-lo no final do dia seguinte. Serão 20 castrações por dia.

Por Renata Volpe Haddad 

Fonte: Campo Grande News

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.