Com cadeira de rodas improvisada, cão chama atenção no litoral do RS

Com cadeira de rodas improvisada, cão chama atenção no litoral do RS

Gerente de posto criou ‘carrinho’ para animal sem movimento das patas. Quem Quem, como é chamado, é cuidado por homem em Capão da Canoa.

Por Luiza Carneiro

RS capaodacanoa foto1 1

Pedaços de cano até então esquecidos, rodinhas de skate já gastas e alguns parafusos deram ao cãozinho Quem Quem a oportunidade de voltar a caminhar normalmente. O bicho foi adotado pelos funcionários de um posto de gasolina de Capão da Canoa, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, há dois anos, depois de ser encontrado sem o movimento das patas traseiras. Sucesso na região, muitos clientes passam no estabelecimento para fotografar o animal.

“Na verdade, ele foi abandonado em Osório. A dona do posto trouxe para cuidar aqui. Como eu gosto bastante de cachorro montei essa cadeira de rodas improvisada”, contou ao G1 o gerente do Posto Girassol, Amadeo Zanotti Fontana.

Na Zona Nova de uma das praias mais visitadas durante o verão gaúcho, o cachorrinho tem até um trajeto construído especialmente para ele. Amadeo fez uma calçada entre o terreno do posto e a sua casa, vizinha ao local, para que Quem Quem tenha por onde andar.

“Aqui no posto tem mais oito gatos e uns seis cachorros. Todos de rua, que aparecem, vão ficando e a gente castra e cuida. A dona tem mais um monte. Ela deve ter uns 80 gatos em outro posto em Curumin”, revelou o funcionário.

Com os cuidados especiais, Quem Quem reúne fãs. “Tem muita gente que vem olhar, as crianças querem tirar fotos. Ele é um cão feliz”, completou Amadeo.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.