RS capaodacanoa foto1 1 thumb

Com cadeira de rodas improvisada, cão chama atenção no litoral do RS

Gerente de posto criou ‘carrinho’ para animal sem movimento das patas. Quem Quem, como é chamado, é cuidado por homem em Capão da Canoa.

Por Luiza Carneiro

RS capaodacanoa foto1 1

Pedaços de cano até então esquecidos, rodinhas de skate já gastas e alguns parafusos deram ao cãozinho Quem Quem a oportunidade de voltar a caminhar normalmente. O bicho foi adotado pelos funcionários de um posto de gasolina de Capão da Canoa, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, há dois anos, depois de ser encontrado sem o movimento das patas traseiras. Sucesso na região, muitos clientes passam no estabelecimento para fotografar o animal.

“Na verdade, ele foi abandonado em Osório. A dona do posto trouxe para cuidar aqui. Como eu gosto bastante de cachorro montei essa cadeira de rodas improvisada”, contou ao G1 o gerente do Posto Girassol, Amadeo Zanotti Fontana.

Na Zona Nova de uma das praias mais visitadas durante o verão gaúcho, o cachorrinho tem até um trajeto construído especialmente para ele. Amadeo fez uma calçada entre o terreno do posto e a sua casa, vizinha ao local, para que Quem Quem tenha por onde andar.

“Aqui no posto tem mais oito gatos e uns seis cachorros. Todos de rua, que aparecem, vão ficando e a gente castra e cuida. A dona tem mais um monte. Ela deve ter uns 80 gatos em outro posto em Curumin”, revelou o funcionário.

Com os cuidados especiais, Quem Quem reúne fãs. “Tem muita gente que vem olhar, as crianças querem tirar fotos. Ele é um cão feliz”, completou Amadeo.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.