Com dívida de R$56 mil, Apipa lança campanha e suspende resgates temporariamente

Com dívida de R$56 mil, Apipa lança campanha e suspende resgates temporariamente
Animais na Apipa esperam adoção e solidariedade (Foto: João Brito Jr/OitoMeia)

Faltam seis dias para o fim do ano e a maior parte da pessoas começa a paralisar as atividades: as férias chegaram e é hora de descansar. No entanto, essa não será a realidade para aqueles que são voluntários na Associação Piauiense de Proteção e Amor aos Animais (Apipa).

Com uma dívida de mais de R$ 56 mil em clínicas veterinárias de Teresina, a Apipa lançou a campanha “Natal sem dívidas” no último domingo (24/12), após anunciar que suspenderá temporariamente o resgate de animais na capital.

A diretora de contabilidade da ong e uma das fundadoras da Apipa, Isabel Moura, declarou ao OitoMeia, que a situação é grave. “Se virarmos o ano sem o pagamento desta conta ficará complicado para continuarmos a manter o resgate de animais”, pontuou.

Além da constante chegada de animais que são levados à tratamentos pagos, a Apipa também enfrenta dificuldade na manutenção da folha de pagamento dos funcionários contratados da Associação.

“A Apipa conta com funcionários que possuem carteira assinada. Nosso problema é ainda maior do que o quitação da dívida, pois agora temos o pagamento do mês de dezembro, décimo terceiro e férias de pessoas que trabalham aqui”, destacou.

View this post on Instagram

2018 está terminando, fizemos o que estava ao nosso alcance e até o que não estava, para atender aos inúmeros pedidos de socorro, para salvarmos animais carentes, vítimas de maus tratos e abandonos em nossa cidade. Como todos sabem, não recebemos recursos do governo e nem da iniciativa privada. A Apipa só existe porque, pessoas de bom coração e que acreditam em nosso trabalho, nos ajudam financeiramente. Mas, infelizmente, chegamos ao nosso limite. Estamos temporariamente sem fazer resgates, pois não temos mais como arcar com esta dívida que cresce a cada dia. Neste Natal, pedimos a você, que está lendo esta mensagem, que nos ajude a quitar esta dívida, para que possamos continuar nossa trabalho em 2019. O valor é muito alto pra nós, mas com a ajuda de todos, de pouquinho em pouquinho, chegaremos lá!

A post shared by APIPA (@apipaoficial) on

E a doação de  Whindersson Nunes?

Após ser criticado na web, Whindersson revela que vai quitar dívida de R$ 56 mil da Apipa. (Foto: Reprodução)

Questionada pela reportagem sobre a doação do humorista piauiense Whindersson Nunes, Isabel Moura afirmou que o youtuber ainda não se pronunciou sobre a doação prometida. Segundo ele disse nas redes sociais, o valor seria doado em 16 de dezembro como presente de Natal.

Whindesson havia anunciado que quitaria a dívida de R$ 56 mil da Apipa, após fazer comentário sobre o assassinato de um cachorro por seguranças da empresa Carrefour em São Paulo.

No Twitter, o piauiense quis chamar a atenção para o crime, mas acabou sendo criticado. Para alguns fãs, ele tentou tirar a responsabilidade da empresa pelo acontecido, sob a alegação de que é patrocinado por eles.

“Vale lembrar que não é empresa inteira que tem culpa, aconteceu no Carrefour de Osasco, um cachorro foi morto a pauladas por um segurança despreparado”, escreveu o humorista em post já apagado.

Por Paula Sampaio

Fonte: Oito Meia

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.