Com imposição incomum, cão e cabra melhores amigos são adotados juntos nos Estados Unidos

Com imposição incomum, cão e cabra melhores amigos são adotados juntos nos Estados Unidos
Cabra é "pré-requisito" para adoção de cachorro; os animais são melhores amigos - Reprodução / Wake County Animal

O Wake County Animal, abrigo de animais localizado na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, realizou uma campanha de adoção incomum: a pessoa interessada teria que levar os dois animais. O motivo? O cãozinho Felix e a cabra Cinnamon [Canela, em inglês] são melhores amigos.

Com poucos dias de observação dos animais, a direção do abrigo decidiu que o tutor interessado teria que levar os dois, pois eles eram muito próximos.

A adoção incomum dos dois animais ocorreu na quarta-feira (29), e eles viverão juntos em uma fazenda. A nova tutora dos animais já lida com o convívio entre cabras e cães em sua propriedade e afirmou que está ansiosa para receber a dupla.

“Somos tão abençoados por poder criar Felix e Cinnamon!”, comemorou Jacqui Bankes, a nova tutora.

O abrigo recebeu os animais no início de março, e o antigo tutor afirmou que não poderia mais cuidar dos animais. Antes da sua entrega ao abrigo, o cãozinho e a cabra já viviam juntos e moravam em uma casa.

A entrega dos animais aconteceu no dia 13 de março e, em tempo recorde, a campanha de adoção inusitada conseguiu novos tutores ainda no mesmo mês. De acordo com a gestão do abrigo, a rapidez da adoção se deve ao envolvimento de ativistas da causa animal e ao grande compartilhamento da campanha curiosa.

“Estou muito animado por eles estarem vivendo a vida dos sonhos no Condado de Johnston com sua nova família”, comentou Shinica Thomas, presidente do Conselho de Comissários do Condado de Wake. “O Wake County Animal Center tem uma rede de resgate fantástica e eles se concentraram na melhor solução para este par depois de obter a custódia deles. Este foi o melhor resultado que poderíamos esperar!”.

Antes de passar para sua nova tutora, Felix foi castrado e teve sua saúde avaliada por veterinários. Cinnamon também foi avaliada fisicamente e eles devem seguir para o novo lar nos próximos dias.

Por Maria Priscila Martins

Fonte: Folha de Pernambuco