Comerciante é presa após Polícia Ambiental encontrar cão com ferimentos e bicheira, em Barbalha, CE

Comerciante é presa após Polícia Ambiental encontrar cão com ferimentos e bicheira, em Barbalha, CE
Foto: Reprodução

Uma comerciante de 54 anos foi presa nesta quinta-feira (27), suspeita de manter um cachorro em situação de maus-tratos num imóvel de sua propriedade, na rua Geane Nobrega de Araújo, Sítio Mata dos Dudas, em Barbalha.

A prisão aconteceu por volta das 10h30min, após a composição da VTR BPMA 58, ter recebido denúncias relacionadas a maus-tratos a animais domésticos, no local da ocorrência. De acordo com o registro policial, os militares ao chegarem no endereço informado encontraram um cachorro amarrado sob uma mangueira, sem água e sem comida, com o rosto ferido, inclusive com larvas saindo do olho, além de um ferimento na orelha, e com marcas de uso de mata bicheira nos olhos, o que é extremamente proibido.

Diante da situação, os militares mantiveram contato com o Centro de Zoonoses de Juazeiro do Norte, bem como, com o Diretor do Bem Estar Animal de Barbalha. O animal foi conduzindo ao Centro de Zoonoses de Juazeiro do Norte, sendo atendido por uma veterinária, e em seguida encaminhado a clínica veterinária do Centro Universitário Unileão, ficando hospitalizado.

A proprietária do animal, a comerciante Maria dos Santos Rocha Gomes, de 54 anos, foi localizada e presa. A mesma foi conduzida a Delegacia Municipal de Polícia Civil de Barbalha e autuada pela autoridade policial, nos termos do Artigo 32 da Lei 9.604 (lei de crimes ambientais) por maus tratos.

Em ato contínuo, Maria dos Santos passou por exame de corpo de delito na Pefoce Cariri e posteriormente foi encaminhada ao presídio feminino localizado na cidade de Crato. Se vier a ser condenada, ela poderá cumprir pena de reclusão de 2 a 5 anos, multa e proibição da guarda.

Já o animal permanece internado na clínica veterinária no Centro Universitário, em Juazeiro do Norte.

Fonte: Revista Cariri, com informações da Agência Cariri Ceará