Comerciante é preso por vender carne de animais silvestres em bar em Iguape, SP

Comerciante é preso por vender carne de animais silvestres em bar em Iguape, SP
Fotos: Divulgação/Polícia Militar Ambiental

A Polícia Militar Ambiental do Estado de São Paulo prendeu em flagrante um comerciante da cidade Iguape, no litoral de São Paulo, nesta sexta-feira (16) por encontrar carne de animais silvestres sendo supostamente vendidas clandestinamente em um estabelecimento.

Após uma denúncia, os policiais foram ao local e acharam quatro tatus-galinha (Dasypus novemcinctus) mortos e junto a alimentos que seriam vendidos, em dois refrigeradores. O homem foi detido sob acusação de receptar e comercializar as carnes dos animais.

Ainda de acordo com a polícia ambiental, o comércio vendia medicamentos de forma irregular e também cigarros contrabandeados, encontrados expostos à venda. O local funcionava dentro de um condomínio da região.

Fonte: Rede TV

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.