Comerciante vai se trancar em gaiola para protestar contra os maus-tratos a animais em MG

Comerciante vai se trancar em gaiola para protestar contra os maus-tratos a animais em MG

O ato vai acontecer neste sábado em Governador Valadares, na Região do Rio Doce. Márcio Ribeiro, mais conhecido como Márcio Bicho , pretende ficar o dia inteiro dentro da gaiola.

MG gaiola protesto1

Um protesto contra os maus-tratos a animais deve chamar a atenção dos moradores de Governador Valadares, na Região do Rio Doce, neste sábado, às vésperas da comemoração do dia mundial dos bichos. O comerciante Márcio Ribeiro, mais conhecido como Márcio Bicho pelo carinho que tem com os animais, pretende passar o dia inteiro trancado dentro de uma gaiola. A intenção é chamar a atenção dos moradores a violência contra cães, gatos, porcos galinhas entre outros.

O comerciante vai se posicionar na Rua Israel Pinheiro no cruzamento com Avenida Minas Gerais, uma das principais da cidade. “A ideia surgiu há um tempo. Sou ativista em defesa dos fracos e oprimidos, que são os animais. Decidi fazer o protesto no ano passado. Fiz a gaiola, mas voltei atrás por causa da campanha eleitoral. Agora, vou ficar dentro da gaiola para alertar sobre os maus-tratos contra todos os animais”, afirma Márcio.

De acordo com Ribeiro, apenas uma garrafa de água será levada para dentro da gaiola, além de frases de pensadores. “Selecionei trinta frases de pensadores que ao longo da vida fizeram algo em defesa dos animais. O que estou fazendo é muito pouco perto dos ativistas do Green Peace que enfrentam até barcos de pesca”, comenta.

A trajetória de Márcio Bicho em defesa dos animais começou há 25 anos. Ele foi um dos fundadores da Associação Amigo dos Bichos, organização sem fins lucrativos que atua em Governador Valadares, e hoje atua sozinho. “Eu pego animais na rua, denuncio e sempre apoio as causas em favor dos bichos. Esse meu carinho vem de berço. Trago isso da genética. Quando era pequeno, lembo da minha mãe cuidando de alguns bichos. Ver os animais sofrendo me comove muito. Não sou contra a criação, só quero que as pessoas sejam mais conscientes”, diz.

MG gaiola protesto2 MG gaiola protesto3

MG gaiola protesto4

Fonte: EM

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.