RJ rio rafaelhermida0

Comissão da OAB-RJ quer maior punição para agressor de cães

OAB quer que MP denuncie agressor também por dano moral coletivo. Rafael Hermida foi flagrado maltratando cadelas da ex-noiva.

RJ rio rafaelhermida1

A Comissão de Defesa dos Animais da OAB quer que a punição de Rafael Hermida, por ter agredido cães, seja maior. A Ordem dos Advogados do Brasil vai pedir ao Ministério Público (MP) que denuncie o empresário não só por maus-tratos, mas também por dano moral coletivo. As informações são do Bom Dia Rio.

Segundo o presidente da Comissão de Defesa dos Animais/OAB-RJ, Reynaldo Velloso, o dano moral coletivo é uma tese nova no Rio de Janeiro para combater as loucuras que são feitas contra os animais.

“A sociedade é o sujeito passivo deste crime e o animal está inserido no ambiente. Houve uma agressão a sociedade, ao direito coletivo que tem que ser ressarcido. O ressarcimento disso é em dinheiro. Pode até se pensar em criar um fundo ambiental, para ajudar a proteção no Rio de Janeiro, com programa de castração, com programa de vacinação, porque nós estamos muito atrasados em relação a políticas públicas no Brasil para animais”, afirmou Velloso.

Velloso afirmou ainda que devido a declaração de Rafael Hermida sobre as três agressões que vai pedir ao Ministério Público, já que cabe ao órgão a tutela dos animais, que ofereça a denúncia a seis crimes de maus-tratos.

“Nós vamos solicitar uma perícia, não só nas duas cadelas que foram atingidas, para testar o estado psicológico e físico destes animais, mas também aos outros sete animais que o acusado diz que tem em seu poder”, contou Reynaldo Velloso.

Entenda o caso

Em imagens gravadas por câmeras instaladas pela ex-noiva dele, a tutora dos cães, Rafael é flagrado batendo em duas cadelas da raça buldogue francês. Ele segura uma delas e, em seguida, a joga com força no chão. O empresário também dá uma cabeçada no focinho do animal e, depois, o suspende pelas patas e solta.

O vídeo que mostra as agressões foi compartilhado por centenas de pessoas em redes sociais. Uma página foi criada para denunciar Rafael, e um ato de repúdio está marcado para a próxima sexta-feira (13).

Na terça-feira (10), Rafael Hermida fez o primeiro post numa rede social e contou que tem sete cachorros, entre eles um vira-lata, que encontrou na rua. Ele afirmou que não é um monstro, assumiu o erro que cometeu e se disse chateado e arrependido.

A tutora dos cachorros contou aos policiais que os animais começaram a apresentar um comportamento estranho desde que Rafael se mudou para a casa. Ela publicou um vídeo nas redes sociais agradecendo o apoio das pessoas.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.