Como deixar suas janelas à prova de pássaros para proteger nossos amigos de penas

Como deixar suas janelas à prova de pássaros para proteger nossos amigos de penas

Por Kim Berkley / Tradução de Alda Lima

Estima-se que entre cem milhões e um bilhão de aves nos EUA morrem anualmente ao colidir com janelas. Confusas pelos reflexos das árvores e do céu e pela transparência do vidro limpo (ou pelos falsos faróis de iluminação interna à noite), aves de todos os tipos tentam voar através do que consideram ser um espaço aberto, apenas para acabarem atordoadas ou mortas. As aves migratórias são particularmente vulneráveis, uma vez que estão menos acostumadas com a presença de janelas e vidros do que seus irmãos dos centros urbanos, e muitas vítimas são pássaros cujas populações já estão diminuindo. O verdadeiro choque? Cerca de metade destas mortes ocorrem em habitações residenciais.

Felizmente, há uma série de maneiras simples para você fazer sua própria casa ser à prova de pássaros e evitar futuras colisões em janelas.

Melhore a visibilidade

Um dos métodos mais fáceis é aplicar algo diretamente nas janelas. Decore-as com adesivos criativos, ou opte por um visual mais simples com a aplicação de pequenos marcadores de aves (pequenos pontos ou quadrados) em um padrão em suas janelas. A FLAP (Fatal Light Awareness) Canada recomenda que os marcadores sejam espaçados não mais do que a duas polegadas cada. Outra opção seria a de comprar uma película de janela com algum padrão ou fosco. Películas de janela vêm em todas as formas e tamanhos; escolha entre coberturas completas e padrões de listras, quadrados ou círculos para criar um efeito ao mesmo tempo elegante e amigável para os pássaros.

Você também pode fazer seus próprios padrões com fita decorativa ou pintura de vidro. Tente aplicar líquido UV, que supostamente seca claro no vidro e reflete os raios UV que aves podem ver, mas humanos não. Se acontecer de você estar remodelando ou substituindo suas janelas, escolha o vidro UV, angular ou poroso.

Se não estiver interessado em pintura ou adesivos, foque no que pendura ao lado de suas janelas em vez disso. Deixe janelas não utilizadas cobertas, e não se esqueça de fechar persianas ou cortinas antes de ligar as luzes interiores à noite. Tente deixar cortinas ou persianas semifechadas durante o dia, ou considere investir em (ou fazer) uma simples cortina de vento – um conjunto de cordas longas que pendem cerca de cinco polegadas para fora de janelas e portas. As cordas se movem com o vento, chamando a atenção das aves e impedindo-as, criando apenas uma barreira visual mínima para admiradores de janelas humanos.

Reduza o risco de lesões

Telas ou redes são, talvez, as ferramentas mais eficazes de todas à prova de aves. Além de manter insetos e outros visitantes indesejados fora de uma varanda ou alpendre, elas são altamente visíveis para as aves. O melhor de tudo, ainda fornecem uma almofada flexível para ajudar a proteger até mesmo os pilotos mais errantes de uma lesão grave. Note que é melhor manter cerca de cinco polegadas entre a rede ou tela e o vidro; caso contrário, o efeito de “amortecimento” do material não vai funcionar tão bem. Redes de malhas pequenas são preferíveis, uma vez que é menos provável que uma ave vá ficar presa na mesma.

Além de telas e redes, a colocação de objetos como alimentadores e chafarizes para pássaros para pássaros também são considerações importantes. É melhor colocar esses objetos a noventa centímetros ou a mais de nove metros das janelas. Por quê? Colocá-los nas proximidades impede as aves de criarem impulso suficiente para se machucarem se tentarem voar para a janela próxima do chafariz ou do alimentador, e colocá-los longe reduz o incentivo para fazê-lo.

Se você tem plantas dentro de casa, não as coloque diretamente do lado interno de uma janela; as aves podem vê-las como potenciais refúgios e tentar voar em direção a elas. O mesmo vale para tanques de peixes ou gaiolas contendo pequenos animais que normalmente seriam alimento para predadores como falcões ou corujas. Colocá-los ao lado de uma janela transparente pode enganar estas aves e fazê-las pensar que elas têm uma chance de pegar alguma presa fácil. Considerando a velocidade com que muitas dessas aves podem atacar (um falcão-peregrino pode chegar a até 380 km/h), tal tentação é nada menos do que mortal.

Chame um profissional

Finalmente, se você encontrar um pássaro tonto ou ferido por uma colisão contra uma janela, não o segure com as mãos nuas. Use luvas, e embrulhe a ave em um pano pequeno e macio. Coloque-a em uma caixa de papelão ou saco de papel com buracos de ar e mantenha-a em um lugar quente, tranquilo, longe de ruídos altos e muita atividade. Dê uma olhada no pássaro a cada 15 a 30 minutos, levando-o periodicamente para fora e abrindo o recipiente para permitir que ele voe para longe quando estiver pronto. Se o pássaro estiver obviamente machucado ou não voar para longe (ou se mostrar incapaz de fazer isso) dentro de um par de horas, entre em contato com um reabilitador de vida selvagem local.

Fonte: One Green Planet

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.