Competição de tiro aos pombos é cancelada nos EUA após protesto de grupo dos direitos animais

Competição de tiro aos pombos é cancelada nos EUA após protesto de grupo dos direitos animais

Um proprietário do condado de Rockingham, EUA, cancelou os planos de sediar uma competição de tiro que mataria, aproximadamente, oito mil pombos. 

Tradução de Thais Torres

EUA pombos

Segundo informações do The News and Record of Greensbor, Arthur Dick, proprietário de 2.000 hectares de plantação em Willow Oaks, próximo a Eden, agora planeja libertar os pássaros. Na semana passada a Humane Society of the United States, maior organização de proteção animal dos EUA, apresentou uma queixa junto ao gabinete do xerife do condado de Rockingham, que investigou o caso.

O xerife Sam Page solicitou uma ordem temporária de restrição para impedir Dick de sediar o evento. Foi marcada uma audiência no tribunal para discutir o evento, porém, o advogado de Dick disse ao juiz que a competição havia sido cancelada.

Em 2004, a North Carolina Wildlife Resources Commission (Comissão de Recursos à Fauna da Carolina do Norte, em tradução livre) fez mudanças em seu regulamento e passou a proteger legalmente os pombos contra a crueldade.

Fonte: Daily Journal

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.