Conheça cinco locais para castrar gratuitamente cães e gatos em Belo Horizonte, MG

Conheça cinco locais para castrar gratuitamente cães e gatos em Belo Horizonte, MG

Alguns tutores de animais ainda não sabem, mas a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) oferece o serviço de castração de cães e gatos. E o melhor: gratuitamente. Atualmente, a capital mineira tem cinco locais que realizam o procedimento sem custo.

Para participar do chamado Programa de Controle Populacional, os animais devem ter no mínimo quatro meses de idade e no máximo 8 anos. Após agendada a data da castração, o tutor fica responsável por levar o animal. Após o procedimento, ele pode retornar à unidade para a retirada dos pontos e, caso haja qualquer intercorrência, a equipe está apta a tratar e orientar sobre os procedimentos a serem tomados.

Confira os endereços:

  • Barreiro – Centro de Esterilização de Cães e Gatos Barreiro. Avenida Antônio Praça Piedade, 68, bairro Bonsucesso. Telefone: 3246-2044
  • Norte – Centro de Controle de Zoonoses. Rua Edna Quintel, 173, bairro São Bernardo. Telefone: 3277-7413
  • Oeste – Centro de Esterilização de Cães e Gatos Oeste. Rua Alexandre Siqueira, 375, bairro Salgado Filho. Telefone: 3277-7576
  • Noroeste – Centro de Esterilização de Cães e Gatos Oeste – Rua Antônio Peixoto Guimarães, 33, Bairro Caiçara. Telefone: 3277-8448

Resgate, cuidados e adoção

Além do serviço de castração e vacinação, o Centro de Zoonoses também recolhe animais soltos em vias públicas, promove campanhas de conscientização junto à população sobre a guarda responsável e disponibiliza, de segunda a sexta, mais de uma centena de animais para adoção.

A unidade realiza o recolhimento mediante solicitação feita pelos números 3277-7411 ou 3277-7413, presencialmente ou por e-mail, no endereço eletrônico [email protected]. A população também pode acionar as polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros ou BHTrans para resgate.

Todos os animais que chegam ao Centro de Controle de Zoonoses passam por uma consulta com médico veterinário para saber se o animal está com alguma lesão ou enfermidade. Caso necessário, é iniciado tratamento com antibiótico, antinflamatório ou cuidados com as feridas. Além dessa avaliação, é feita vermifugação, vacina contra a raiva, controle de ectoendoparasitas e, nos cães, a coleta de sangue para realização do exame de leishmaniose.

Cães e gatos aguardam o período de dois dias após a captura para serem reclamados por seus tutores. Expirado o prazo, eles são disponibilizados para adoção nas dependências do Centro de Controle de Zoonoses, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

No caso de cavalos, o tutor tem o direito de resgatar o animal apreendido no prazo de até cinco dias úteis, após o pagamento das taxas de apreensão e diária. Após este prazo, o animal é encaminhado para instituições filantrópicas.

Fotos: PBH/Divulgação

Fonte: Hoje em Dia