Conselho de Meio Ambiente aplica multa de R$ 1 milhão à empresa JBS por despejar sangue bovino em rio de MT

O Conselho Estadual Do Meio Ambiente (Consema), ligado à Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), manteve a multa de R$ 1 milhão à empresa JBS S/A por lançamento de efluentes, no Rio Araguaia.

O G1 não conseguiu entrar em contato com o setor jurídico da empresa.

Os dejetos são proveniente da linha verde e vermelha de indústria de abate de bovinos e em desacordo com a legislação ambiental vigente.

Linha vermelha é o conjunto e dejetos com sangue e verde é o que sai do estômago dos animais.

O Consema viu ainda as condutas descritas como reparadoras pela JBS, como manutenção e reparação de problemas técnicos, restrição do lançamento, são condutas obrigatórias, inerentes ao empreendedorismo.

A JBS tentava anular a multa aplicada em 27 de julho de 2008.

Por Flávia Borges, G1 MT

Fonte: G1


Nota do Olhar Animal: O sangue que não fica no bife de quem come carne vira algum subproduto da matança ou simplesmente é jogado nos rios, ampliando os danos aos animais, que deixam de ser exclusivos contra os bois abatidos e se estende aos bichos afetados pela poluição. A matança ocorre em cadeia.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.