Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais de São Sebastião do Paraíso (MG) elege diretoria

Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais de São Sebastião do Paraíso (MG) elege diretoria
Representantes de vários segmentos se reuniram para tratar assuntos relacionada a defesa dos animais - Foto de Roberto Nogueira

Membros do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais, de São Sebastião do Paraíso, elegeram na quinta-feira (22/3), membros da diretoria do órgão. A definição ocorreu durante reunião dos representantes de órgãos municipais, ONG’s e também de outros setores. Na oportunidade foi criada uma comissão que irá estudar as legislações existentes do município e outras esferas para as devidas regulamentações e adequações, além da criação do regimento interno do conselho.

O secretário municipal de Saúde, Wandilson Aparecido Bícego conduziu os trabalhos o direcionamento dos temas abordados. Participaram da reunião a coordenadora da Vigilância em Saúde, Daniela Cortez, dirigentes de associações de defesa dos animais, a Guarda Municipal, a Polícia de Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros, além dos vereadores Lisandro Monteiro, Maria Aparecida Cerize Ramos, enquanto que Sérgio Gomes foi representado por seu assessor parlamentar. Integrantes de outras repartições da administração municipal também compareceram.

Foi confirmada a realização do mutirão de castração de cães e gatos no município agendada para os dias 27, 28 e 29 deste mês. O cadastramento prévio foi realizado na quinta-feira, 22, e todas as fichas disponíveis foram distribuídas. “A nossa expectativa é realizar mais de 200 atendimentos para animais sem raça definida e estamos tentando ampliar a permanência da equipe na cidade por mais um dia para que quem sabe, possamos dobrar este atendimento”, disse o secretário Wandilson Bícego. O atendimento será de um animal por pessoal e o Castramóvel ficará instalado em área ao lado da Arena João Mambrini.

Ainda na reunião foram eleitas as integrantes da diretoria do conselho. Vânia Mumic foi escolhida para a presidência; Maíza Eliane de Oliveira, vice-presidente; e Daniela Cortez, a secretária. “Fico muito feliz com a criação deste grupo de trabalho que vai nos ajudar a trabalhar nesta causa. Conto com a colaboração de todos”, anunciou a presidente.

Em seguida foi criada uma comissão para estudar as legislações pertinentes às questões de defesa dos animais e outras situações inerentes. O grupo de trabalho composto por seis membros deverá se reunir para avaliar as leis Municipal, Estadual e Federal e propor sugestões para as devidas adequações e regulamentações, bem como será criado o Regimento Interno do conselho. A próxima reunião da comissão foi agendada para o dia 11 de abril.

Fonte: Jornal do Sudoeste

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.