Consumo de carne de cães e gatos proibido por lei nos Estados Unidos

Consumo de carne de cães e gatos proibido por lei nos Estados Unidos
O projeto de lei é um dos poucos existentes sobre direitos dos animais que foram propostos nas últimas semanas (Foto: Alexander Zemlianichenko Jr)

Quatro deputados apresentaram um projeto de lei que poderia banir o abate de cães e gatos para consumo humano nos Estados Unidos.

O Deputado Alcee Hastings, principal responsável pelo projeto, disse que ainda é permitido por lei em muitas regiões do país consumir carne dos dois animais de estimação mais comuns.

“Já passou da hora do Congresso unificar as leis contra a crueldade animal em todo o nosso país, para proibir explicitamente a matança e o consumo desses animais,” disse Hastings no último dia 7. “Estou feliz em me juntar aos meus colegas entre republicanos e democratas para acabar com essa prática cruel e desumana.”

Seu projeto, a Lei de Proibição do Comércio de Carne de Cão e Gato, iria alterar a Lei Federal de Bem-estar Animal, para evitar que esses animais sejam mortos e consumidos.

“Como um orgulhoso dono de cão, eu sei que os nossos amigos de quatro patas são uma parte importante da nossa família e acredito que eles devam ser tratados com absoluto respeito”, disse o Deputado Dave Trott, um dos apoiadores do projeto.

Outro apoiador, o Republicano Brendan Boyle, disse que é “inacreditável” que seja necessária uma lei para isso.

“Já era hora de proibir uma prática tão cruel e bárbara de uma vez por todas”, ele disse. “A Lei de Proibição do Comércio de Carne de Cão e Gato de 2017 finalmente tornará ilegal o abate de animais que a maioria de nós considera membros da família.”

O projeto de lei é um dos poucos existentes sobre direitos dos animais que foram propostos nas últimas semanas. Em janeiro, dezenas de deputados apresentaram uma resolução contra o Festival Anual de Carne de Cães, na China.

Na semana passada, legisladores propuseram uma lei que impediria os militares norte-americanos de usar milhares de porcos e cabras a cada ano em exercícios de treinamento médico.

Por Pete Kasperowicz / Tradução de Daniela Costa de Lima

Fonte: Washington Examiner

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.