Convênio com hospital veterinário já atendeu mais de 1.500 animais em um ano em Uberaba, MG

Convênio com hospital veterinário já atendeu mais de 1.500 animais em um ano em Uberaba, MG

Desde que entrou em vigor, em abril de 2022, até março deste ano, mais de 1.500 animais, entre cães e gatos, foram atendidos por meio do convênio firmado entre a Prefeitura e o Hospital Veterinário da Universidade de Uberaba (Uniube), para atendimento gratuito.

Os números foram apresentados na semana passada ao Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (Compda), em reunião com a equipe da Secretaria de Meio Ambiente (Semam) e profissionais da Uniube. Ao todo, foram atendidos 1.595 animais no período, sendo 127 encaminhados pela Superintendência; 1.420 procedentes de tutores; 21, do Corpo de Bombeiros e 29, do Departamento de Zoonoses e Endemias da Secretaria Municipal de Saúde.

De abril de 2022 a março deste ano, foram registrados 3.078 atendimentos por meio do convênio. O valor do contrato foi de mais de R$ 1,6 milhão, renovado por mais um ano a partir de abril último.

Além do balanço nos atendimentos, a equipe do HVU apresentou as instalações e serviços ofertados. Os conselheiros e os técnicos da Semam foram recebidos pelo gerente clínico da unidade hospitalar, Cláudio Yudi e pelo diretor de Serviços em Saúde da Uniube, Iraci Neto e sua equipe.

A presidente do Compda, Rita de Cássia Andrade, disse que a visita foi solicitada levando em consideração que o convênio entre a Prefeitura e o HVU para atendimento gratuito de animais completou um ano e o local passou por diversas adaptações e reformas para atender melhor à demanda crescente de saúde animal.

“A principal política pública que essa gestão concretizou foi a criação da Superintendência do Bem-Estar Animal e a avaliação que o Conselho tem desse órgão é positiva, tendo em vista que nada disso existia. Percebemos que eles têm se esforçado bastante para atender à demanda que estava reprimida desde sempre. Existe, hoje, um interesse do Município em dar continuidade a esse atendimento que a população não tinha”, disse Rita.
Durante a reunião, o Conselho reiterou a necessidade do controle populacional de cães e gatos, ampliando o número de castrações patrocinadas pelo Poder Público. O superintendente Alberto de Faria Pereira informou que já estão programados mais quatro mutirões a serem realizados até o final deste ano, sendo os próximos a partir de junho, sendo um em Ponte Alta e outro no bairro Beija-Flor II, de Uberaba.

Estiveram presentes à reunião além da presidente e do superintendente, os conselheiros Selma Aparecida de Bessa, Guilherme Caetano Garcia, Cleibiane Evangelista Franco Borges e Danielle Francisco de Souza, o secretário de Meio Ambiente, Edno César da Silveira e a chefe da Seção de Educação Ambiental da Semam, Victória Caroline das Virtudes.

Fonte: Folha Uberaba

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.