Coordenadora do CCZ de Campina Grande (PB): ‘Somos um depósito de animais’

Na manhã desta quinta-feira, 17, a coordenadora do Centro de Zoonoses, de Campina Grande, Rossandra Oliveira, comentou a presença de animais de grande porte nas vias da cidade.

– É um dos problemas mais graves que temos, devido à população não ter consciência que esses animais podem causar acidentes. Corriqueiramente recolhemos animais, mas o número deles é muito grande, declarou ela.

Ao ser indagada sobre a quantidade de animais recebidos no centro, a gerente disse está funcionando como um depósito de animais para as cidades circunvizinhas.

– Recebemos muitos casos de Joazeirinho, Soledade, Esperança e Queimadas, não existe nenhuma pactuação e nós ficamos com o problema. Não temos como controlar isso, somos um depósito de animais, observou.

Rossandra alerta que a capacidade da unidade é de 90 animais, mas abriga atualmente 223 cães e 123 gatos, que geralmente são recebidos em um quadro de abandono ou maus tratos. Pede ainda que quem observá-los nas ruas campinenses comunique entrando em contato pelos números (83) 3310 – 7062 e (83) 3322-5760.

Fonte: Paraíba Online

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.