Foto: Frida Bredesen

Costa Rica pede aos turistas para não tirarem selfies com animais

Por mais tentador que seja tirar uma selfie com alguns dos animais mais fofos do mundo, como as preguiças ou os ocelotes, o Governo da Costa Rica está a pedir a todos os que visitam o país para se controlarem. A nova campanha, com o título #stopanimalselfies, foi criada como uma resposta ao aumento do número de visitantes que todos os dias chegam e que querem tirar fotografias com os animais para depois partilharem nas redes sociais.

Os nossos visitantes têm de conhecer o impacto negativo causado pelas selfies e pelas fotos que mostram contacto direto com os animais”, apontou Pamela Castillo à CNN, a vice ministra do ambiente e da energia do país. “O nosso objetivo e responsabilidade enquanto líderes globais em assuntos do ambiente é educar e encorajar as pessoas a serem embaixadores pela proteção da natureza.”

Assim, o Governo pede aos visitantes para em vez de interagirem com os animais no seu habitat natural (muitas vezes incomodando-os e causando doenças tanto aos animais como às pessoas) tirarem fotografias e selfies com peluches. Já aqueles que quiserem ver os animais mais de perto são convidados a ir em visitas especializadas ou até a visitarem os santuários destes habitantes do país.

O país recebe todos os anos 1,7 milhões de visitantes, a maioria deles vindos dos Estados Unidos da América e do Canadá.

Por Juliana Nogueira Santos

Fonte: Sabado / mantida a grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.