Curitiba realiza Censo Animal para mapear população de cães e gatos; entenda como funciona

Curitiba realiza Censo Animal para mapear população de cães e gatos; entenda como funciona
Censo Animal — Foto: Daniel Castellano / SMCS

A Prefeitura de Curitiba (PR) começou na segunda-feira (6) uma pesquisa para saber o número de animais de estimação que vivem na capital. A previsão é que os resultados do Censo Animal sejam divulgados até agosto. Veja abaixo como funciona.

VÍDEO: Censo Animal quer mapear o número de cães e gatos nas casas das pessoas

O levantamento deve apontar quantos cães e gatos vivem domiciliados, semidomicilados (animal que mora em casa, mas tem acesso livre à rua) e também sem tutor.

De acordo com a prefeitura, o objetivo é ter parâmetros para tornar políticas públicas de proteção animal mais efetivas, como por exemplo os mutirões de castração gratuita para cães e gatos.

Como vai funcionar

Em uma etapa piloto, a pesquisa visitou cerca de 300 residências. A expectativa é que sejam 3 mil questionários aplicados em casas sorteadas.

De acordo com a coordenadora dos agentes de Campo, Yasmin Gonçalves da Rocha, as casas são selecionadas por amostragem a partir do setor censitário, baseado na metodologia do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

As perguntas, inclusive, podem ser respondidas por pessoas que não sejam tutoras de animais.

De acordo com a prefeitura, moradores devem observar que os trabalhadores do Censo Animal são agentes uniformizados e com crachá identificando estarem a serviço do município.

Em caso de dúvida, o morador pode fazer contato com a Rede de Proteção Animal pelo telefone (41) 3350-9939.

Fonte: g1