De forma cruel, três cachorros são envenenados em Rio Preto, SP

De forma cruel, três cachorros são envenenados em Rio Preto, SP
Caio, como era chamado o cachorro da raça poodle, morreu supostamente envenenado

Três cachorros foram cruelmente envenenados, na noite da última quarta-feira, em Rio Preto. Um crime que abala os corações de que tem filhos de pelos. A violência aconteceu durante a ausência de duas horas da dona dos cachorros, na residência que fica no Jardim Mugnaini, zona norte da cidade. A tutora dos animais é a autônoma T.G.A. de 23 anos. Quando ela chegou em casa encontrou um dos cachorros, da raça blue heeler, soltando espuma pela boca e com diarreia.

De acordo com a polícia, a tutora dos cachorros, pegou o cachorro Marley e em seguida saiu correndo para levá-lo até o veterinário, mas no caminho ele faleceu. Ao voltar para a residência à cena ainda se repetiu, quando ela novamente se deparou com o outro cachorro da raça, poodle chamado Caio, se debatendo e babando. O animal acabou falecendo em poucos minutos. Alguns minutos depois o outro cachorro, sem raça definida  e chamado Bob, também começou a soltar espuma pela boca e teve diarreia, sendo que após alguns minutos também faleceu.

Ainda de acordo com a tutora dos animais, os cachorros vomitaram macarrão e pedaços de carne, fato que aumenta a suspeita de que alguém envenenou os animais que eram alimentados somente com ração pela proprietária.

A vítima relata ainda que mudou para a residência no último sábado com intuito de deixar os três cachorros com mais espaço para andarem pelo quintal. “Eles não latiam e eram quietos. Estou morando nesta casa há cinco dias, não conheço ninguém ao redor. Saí de casa às 20h30 e voltei as 22h48 e encontrei as cenas de terror que nunca vou esquecer: eles morrendo à minha frente”, relata a vítima. O caso será investigado. (colaborou Chiara Gélio)

Os cães ‘Marley’ e ‘Bob’ também morreram supostamente envenenados

Fonte: D Hoje

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.