Defensores de animais compartilharam experiências no Equador

Defensores de animais compartilharam experiências no Equador

Anteontem aconteceu a primeira reunião social vegana de Cuenca, na Casa da Juventude, para difundir esse estilo de vida e conscientizar sobre os maus-tratos a animais.

Tradução de Dani da Gama

Espanha cuenca defensores1

Em um ambiente de camaradagem se reuniram integrantes do grupo cuencano Vozes da Terra e o quitenho Ser Mais Animal, junto a amigos dos animais para conhecer as formas de maus-tratos contra estes seres vivos e compartilhar suas experiências sobre sua conversão ao vegetarianismo e ao veganismo. Também se degustaram pratos livres de produtos do reino animal.

Paola Nieves, que se tornou vegetariana há dois meses, contou que seu amor aos animais a fez mudar seu estilo de alimentação. “Não por compaixão, mas por justiça”. Mas essa decisão não foi fácil de aplicar em sua vida, já que tem de lidar com sua mãe, que considera que no futuro ela adoecerá de anemia por não consumir carne.

“Não somos donos da vida de ninguém, temos um Deus que não nos mandou assassinar”, assegurou.

Já Rasa Bihari, integrante do grupo quitenho Ser mais animal, que promove a defesa da natureza e dos animais, apresentou produtos veganos como shampoo, sabão e pasta dental, que são elaborados com ingredientes orgânicos, sem químicas e não são testados em animais, e cuja marca OK simboliza “zero mortos”.

Fonte: El Tiempo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.