Delegada descarta matança de onças-pintadas em Acorizal e investiga se crime ocorreu em MT

Delegada descarta matança de onças-pintadas em Acorizal e investiga se crime ocorreu em MT

A delegada titular da Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), Liliane Murata, descartou que o vídeo sobre a matança de onças tenha ocorrido na cidade de Acorizal (70 km de Cuiabá). Em vídeo gravado pela delegada, ela diz que recebeu vários vídeos das onças que em tese teriam sido mortas na cidade e com as cabeças decepadas e amarradas.

“Imediatamente começamos as investigações e fizemos alguns contatos na região de Acorizal com moradores da cidade e com a polícia local. Ninguém tem conhecimento deste fato naquela região”, disse.

De qualquer forma, a delegada conta que a Polícia Civil está tomando providências para verificar de onde teria partido o vídeo para obter todas as informações possíveis sobre o crime e identificar os autores.

Por ora, não há nenhum registro de boletim de ocorrência sobre o fato em Mato Grosso. Da mesma forma também não é possível afirmar que o crime tenha ocorrido no Estado.

“Qualquer denúncia sobre o caso é importante, pode entrar em contato com a delegacia por email dema@pjc.mt.gov.br ou pelo 197”.

No domingo, em entrevista ao Repórter MT, o comandante do Batalhão Ambiental, tenente-coronel PM Fagner Augusto, havia comentado que pelo porte dos animais, a matança dos animais não teria ocorrido em Acorizal.

“É quase certeza que as imagens não foram gravadas em Acorizal, uma vez que as onças da região são maiores, e o porte dos animais do vídeo são menores. É provável que sejam da região amazônica, mas estamos investigando. Nenhuma hipótese pode ser descartada”.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Marlon Figueiredo (@marlonfigueiredomt)

Fonte: Página 1