Demora no resgate de capivara ferida deixa moradora indignada, em Campo Grande, MS

Demora no resgate de capivara ferida deixa moradora indignada, em Campo Grande, MS
Capivara ferida estava nas proximidades da Rua Gabriel Spipe Calarge (Foto: Direto das Ruas)

A demora no resgate de uma capivara ferida na manhã desta quinta-feira (19) em Campo Grande deixou uma mulher de 26 anos indignada. Gislaine Lima ligou para vários órgãos, esperou por quase 1 hora pelo resgate do animal e acabou desistindo sem saber se o socorro chegou.

“Se fosse animal doméstico eu pegaria no colo e levaria para a casa, mas não era”, comentou Gislaine. Ela relata ter encontrado o animal ferido por volta das 10h43 na Gabriel Spipe Calarge, próximo ao prédio do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses).

Como estava perto, ela foi até o prédio pedir auxílio onde recebeu orientação para acionar a PMA (Polícia Militar Ambiental). Ela ligou para a PMA e eles disseram que não poderiam ir naquele momento.

O Corpo de Bombeiros e o Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres) também foram chamados. No primeiro caso, a orientação foi acionar a PMA e no segundo a resposta foi falta de viatura.

Entre ligações e pedidos de ajuda, Gislaine ficou aguardando quase 60 minutos no local. Sem respostas, ela foi embora e quando retornou no início da tarde não encontrou mais o animal. Não é possível saber se o resgate foi ou não realizado.

“É muito difícil conseguir resgate. Fiquei quase uma hora parada tentando falar e nada”, lamentou.

O tenente-coronel Ednilson Queiroz da PMA confirma que os policiais fazem este serviço de recolher e levar até o Cras, mas pede compreensão porque são entre 10 ou 15 pedidos por dia.

A questão é que a maioria das ocorrências atendidas pela PMA não são dentro do perímetro urbano e o foco é o combate aos crimes e infrações. “Proteção ambiental é responsabilidade de todo mundo”, finaliza o coronel.

Fonte: Campo Grande News

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.