Denúncia anônima leva polícia a canil clandestino com 27 cães em Joinville, SC

Denúncia anônima leva polícia a canil clandestino com 27 cães em Joinville, SC
Resgate dos animais ocorreu na manhã desta quinta-feira – Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um canil clandestino, com 27 cães e sete gatos, foi descoberto na manhã desta quinta-feira (17), em Joinville, no Norte do Estado. Os animais estavam em uma casa localizada na Estrada Dedo Grosso, no bairro Vila Nova, zona Oeste da cidade.

A situação dos animais foi descoberta após uma denúncia anônima. Segundo o delegado P.J, da 1º Delegacia da Polícia Civil, ao levantar as informações iniciais, um mandado de busca e apreensão foi expedido e cumprido pela polícia nesta quinta.

“Alguns dos animais estavam presos em gaiolas, nos fundos de uma casa. Há indícios de maus-tratos. O local tinha muita sujeira, pulgas e presença de mofo”, explica o delegado.

Dois dos animais estavam visivelmente com as patas quebradas, segundo o veterinário que acompanhou a operação. Além disso, em algumas cadelas foi possível ver indícios de que elas eram usadas para reprodução constante de filhotes.

Suspeita é de que local era usado para venda de filhotes. – Foto: Polícia Civil/Divulgação

Casal alegou que guardava os animais para uma amiga

Os donos da casa estavam no local no momento da operação. Segundo o delegado, eles alegaram que guardavam o animal para uma amiga e que a casa não era usada como canil.

“Mas pelos vestígios encontrados, a suspeita é de que era usado para venda de filhotes”, alega o delegado.

Um inquérito foi instaurado sobre o caso e a polícia, agora, aguarda o resultado dos laudos periciais para saber quais crimes os responsáveis podem responder.

Após o recolhimento, os animais foram encaminhados ao Centro de Bem Estar Animal, de Joinville. Após atendimento, eles são encaminhados para lares temporários.

Os interessados em adotar os cães e gatos podem solicitar a demanda pela ouvidoria no site da Prefeitura. A escolha será feita por ordem cronológica e avaliações técnicas.

Alguns amimais aparentavam sinais de maus tratos. – Foto: Polícia Civil/Divulgação

Por Luana Amorim 

Fonte: ND Mais