Denúncia de maus-tratos leva à eutanásia de cavalo em Itapema, SC

Denúncia de maus-tratos leva à eutanásia de cavalo em Itapema, SC
Foto: Divulgação

A equipe do Grupo de Operações e Resgate (GOR) foi acionada nesta segunda-feira (5) para investigar um caso de maus-tratos a um cavalo no bairro Morretes, em Itapema. Infelizmente, ao chegar ao local, os agentes constataram que o estado do animal era grave, necessitando de eutanásia para aliviar seu sofrimento.

O cavalo foi encontrado em condições extremamente debilitantes: estava desidratado, desnutrido e com a mucosa hipocorada – um indicativo de problemas de saúde graves. Diante da condição irreversível do animal, os profissionais do GOR optaram pela eutanásia, uma medida de última instância para evitar mais sofrimento.

Este caso perturbador destacou a importância da vigilância da comunidade no combate aos maus-tratos de animais. As autoridades locais reforçaram o apelo para que os cidadãos relatem situações similares o mais rápido possível. Isso permite que medidas possam ser tomadas em tempo hábil para resgatar os animais e, se necessário, responsabilizar os responsáveis por esses crimes.

A investigação sobre o caso do cavalo em Morretes ainda está em andamento, e as autoridades buscam identificar os responsáveis pelo descuido e negligência que levaram à condição deplorável do animal.

Por Matheus Carvalho

Fonte: Jornal Razão

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.