Denúncias de maus-tratos a animais crescem 48,7% em Maringá, PR

Denúncias de maus-tratos a animais crescem 48,7% em Maringá, PR

De janeiro a junho do ano passado, a Diretoria de Bem-Estar Animal da Secretaria de Meio Ambiente (Sema) recebeu 774 denúncias de maus-tratos a animais na cidade. Dessas, 770 foram atendidas e concluídas. Este ano, o mesmo período aponta 1.151, ou seja, 48,7% registros a mais protocolados na Ouvidoria do Município (156), sendo 640 já atendidos. Denúncias devem ser feitas pelo 156 (Ouvidoria do Município) e, posteriormente, considerada urgência no atendimento, a diretoria deve ser informada pelo número 44-3901-1885.

A multa por maus-tratos é de R$ 2 mil e pode ser aplicada em dobro na reincidência. Já a multa por condições impróprias é de R$ 500. Este ano, já foram aplicados 16 autos por maus-tratos, num total de R$ 128 mil reais. Os casos mais comuns são de abandono, coleira curta e negligência em relação à alimentação e saúde do animal.

A diretoria conta com os serviços das instituições de ensino (Uningá e Unicesumar), que realizam cirurgias de até média complexidade e outros procedimentos necessários para cuidado dos animais. A sede da diretoria do Bem-Estar Animal não recebe animais abandonados ou atropelados. Além disso, a parceria com ONGs e protetores independentes auxiliam a conscientização da população em relação à guarda responsável de animais resgatados em vias públicas com as feirinhas de adoção.

Fonte: Bonde (com Assessoria de Imprensa)

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.