Foto: Divulgação

Denúncias de maus-tratos a animais no Zoológico levam secretário à Câmara de Sorocaba, SP

O secretário de Meio Ambiente, Parques e Jardins da Prefeitura, Jessé Loures, foi à Câmara de Vereadores nesta quinta-feira (22), para explicar questões relativas a recentes denúncias de maus-tratos contra animais no Parque-Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros”, em Vila Hortência. Segundo Jessé, todas as informações que chegaram até a Pasta foram encaminhadas à Corregedoria do Município, que as está investigando. “Doa a quem doer, estão sendo encaminhadas para a Corregedoria para investigação”, declarou.

A vereadora Iara Bernardi cobrou que Jessé dê celeridade às investigações sobre as denúncias de que macacos foram condicionados a não deixar a ilha na qual vivem, por meio do mergulho da cabeça de cada um na água, até perderem o fôlego. “Espero que se esclareça logo essa situação de que funcionários teriam dado ‘caldo’ nos macaquinhos para que eles fiquem com medo e não deixem a ilha em que estão confinados”, acrescentou Iara, informando também ao secretário que recebeu, ainda na manhã ontem, um vídeo denunciando que um urso está igualmente confinado de forma inadequada em uma jaula, muito pequena para o tamanho do animal, e apartado dos demais.

Na noite de quarta-feira (21), a vereadora petista esteve, aliás, com Jessé e o vereador Anselmo Neto (PSDB) no Zoológico, para uma visita noturna. Na ocasião, eles avaliaram a situação do tratamento dispensado aos animais, sobretudo em termos de alimentação, situação dos recintos e qualificação dos profissionais que trabalham no local. “Pude verificar o funcionamento noturno deste que é um dos mais completos zoológicos da América Latina, em funcionamento desde 1968. Fiquei satisfeita com o que vi. Recintos muito bem preservados e ambientados, animais tranquilos e bem alimentados, com funcionários qualificados e treinados para o trato dos animais”, disse Iara. “Contudo, são preocupantes as denúncias que temos recebido acerca de fatos que teriam ocorrido no local. Não podemos descuidar do bem-estar animal e, por isso, continuarei muito atenta às denúncias e informações que nos chegarem referentes ao trato inadequado dos bichos”, comprometeu-se.

Fonte: Diário de Sorocaba