Depois da morte da orca Tilikum, SeaWorld anuncia fim do espetáculo

Depois da morte da orca Tilikum, SeaWorld anuncia fim do espetáculo
Foto: Reuters

Depois da morte da orca macho Tilikum, cuja idade estimada era de 36 anos, o parque de San Diego (EUA) onde estava habitava, anunciou que deixará de existir o espetáculo da ‘baleia assassina’, noticia o Metro.
Contudo, o parque vai ter ainda um show final como forma de encerrar este capítulo. Agora, apesar de todas as críticas dos ativistas, quem habitará na piscina Shamu Stadium será uma nova atração chamada de Orca Encounter.

Atualmente, o parque conta 11 orcas, que vão desde os dois até aos 52 anos. Tilikum esteve em cativeiro durante 25 anos. O parque foi o centro das atenções quando em 2010 a treinadora deste animal morreu.

Brancheau estava a interagir com o animal perante uma audiência, quando Tilikum conseguiu agarrar com a boca o braço da treinadora e a afogou de seguida no tanque. Em 2016, os responsáveis do SeaWorld Entertainment anunciaram que iriam extinguir o programa de criação de orcas.

Por Inês Esparteiro Araújo

Fonte: Notícias ao Minuto / mantida a grafia lusitana original


Nota do Olhar Animal: Assista Blackfish, documentário sobre Tilikum e seu aprisionamento pelo Seaworld.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.