Depois de encontrar gatos mortos em condomínio, moradora procura polícia em Campo Grande, MS

Depois de encontrar gatos mortos em condomínio, moradora procura polícia em Campo Grande, MS
Depois de encontrar gatos mortos em condomínio, moradora procura polícia (Foto: Reprodução Internet)

A moradora de um condomínio localizado no Bairro Coronel Antonino procurou a polícia depois de ter a gata envenenada e encontrar outros dois animais mortos com os mesmos sintomas. Perto dos locais em que os gatinhos foram encontrados, a mulher ainda achou pedaços de carne jogados em uma calçada, que foram apreendidos.

O caso foi registrado depois que três gatos do residencial apareceram mortos. O primeiro gato foi encontrado já morto por um funcionário do residencial. Para a moradora, o homem contou que o gatinho estava atrás de um dos blocos e que aparentemente tinha sido envenenado.

No dia 14 de novembro, o segundo animal foi encontrado pela própria moradora. Ela voltou a chamar o funcionário, mas eles não conseguiram salvar o animal, que apesentavam os mesmo sintomas. Na noite do mesmo dia, uma das duas gatas da mulher apareceu vomitando e por isso foi levada para o veterinário. O animal passou a noite internado, mas não resistiu.

Para a tutora, o veterinário revelou que os sintomas indicavam envenenamento. Diante do suspeita, a mulher percorreu os locais próximos de onde os gatos foram encontrados e achou três pedaços de carne jogados me uma calçada. Ela então recolheu o alimento e procurou a polícia.

O caso foi registrado na Decat (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista) e agora é investigado pela Polícia Civil como praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, se ocorrer morte do animal.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.