Depois de passar fome e ser atropelado, cãozinho precisa de ajuda

Depois de passar fome e ser atropelado, cãozinho precisa de ajuda

Sete cachorros em situação de maus-tratos foram resgatados por um protetor independente, Comissão de Defesa dos Direitos dos Animais da OAB-MS e Decat, em Campo Grande, MS. Além de passar fome, um deles foi atropelado e está com o fêmur fraturado.

Segundo informações do protetor independente, Alexandre Menezes dos Santos, os animais foram resgatados na segunda-feira dia 27 de Abril. O cão que foi atropelado e fraturou o fêmur e a pata dianteira, tem cirurgia marcada para amanhã, e o valor de R$ 2 mil terá de ser arcado pelo voluntário.

“A Cirurgia já conseguimos o valor de R$ 2.000 mil reais. O que falta agora é pagar as diárias, medicamentos e exames que estão pendentes na Clínica Cão e Cia”, explicou Xandão que pede doações em dinheiro para quitar a dívida.
Segundo ele, o cachorrinho terá de amputar a pata da frente e provavelmente irá colocar uma placa no fêmur.

Para doar

Os interessados em contribuir com a boa ação podem ir direto na clínica Cão e Cia, onde estão sete animais de resgate internados. O local fica na rua Doutor Francisco Ferreira de Souza, 680, bairro Universitário.

Ou se preferir qualquer valor pode ser depositado na seguinte conta:

Agência 0857
Operação 013
Conta Poupança 16913-9
CPF 712278061 91
Caixa econômica Federal

Alexandre Menezes dos Santos, contato watts (67) 99301 5028

Fonte: Top Mídia News

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.