Depois de sofrer maus-tratos em um circo peruano, ursa-andina espera um novo lar

Depois de sofrer maus-tratos em um circo peruano, ursa-andina espera um novo lar

Por Lourdes Garcia-Navarro / Tradução de Alda Lima

peru ursaandina1

No Peru, uma ursa de cativeiro está à procura de um novo lar.

E o ex-animal de circo está recebendo a prestigiada ajuda de Michael Bond, autor britânico dos amados livros infantis sobre o urso Paddington.

Mas a história de Cholita, uma ursa-de-óculos (ou ursa-andina, característica da América do Sul e considerada espécie vulnerável) como o fictício Paddington, está menos para material de livros infantis e mais para filmes de terror.

Enquanto Cholita estava no circo, seu treinador quebrou seus dentes e suas patas foram parcialmente amputadas para remover suas garras e torná-la menos perigosa. Por causa de todo o trauma, ela também perdeu toda a sua pelagem.

“É uma história tão horrenda,” disse Bond ao Daily Mail. “Espero sinceramente que … Cholita receba o cuidado de que precisa para se recuperar.”

Jan Creamer, chefe da Animal Defenders International (ADI, ou Defensores dos Animais Internacional, em tradução livre), um grupo com sede na Grã-Bretanha, diz que Cholita foi retirada do circo por autoridades peruanas cerca de 10 anos atrás, mas que têm sido incapazes de encontrar para ela um lar permanente.

“Nenhum zoológico fica com ela porque a consideram feia”, disse Creamer por telefone, da Colômbia. “Ela é um urso muito dócil. E na verdade é bem pequena. Então, ela provavelmente foi mal alimentada quando era bebê e nunca realmente cresceu corretamente.”

A ADI tem trabalhado com as autoridades no Peru e outros países latino-americanos para impedir que animais selvagens sejam usados em circos.

Creamer está participando do que está sendo anunciado como a maior operação da história de resgate e de segurança de animais selvagens sendo usados em circos. Trabalhando com autoridades locais, dezenas de animais foram apreendidos.

No próximo mês, a ADI estará levando cerca de 33 ex-leões de circo, macacos e outras espécies encontradas numa busca para um santuário no Colorado e espera que Cholita esteja nesse voo. Mas ainda se aguarda a aprovação da US Fish and Wildlife Service. Cholita precisa de autorização especial, porque ela é de uma espécie em risco de extinção.

“Estamos indo buscá-la na terça-feira … e agora tudo o que precisamos é que os Estados Unidos digam ‘sim'”, disse Creamer à NPR.

As autoridades do Fish and Wildlife disseram à NPR que “receberam o pedido e estão processando-o a fim de agilizar o pedido.”

Fonte: WMRA

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.