Foto: assessoria

Deputada debate no MPE sobre a criação da rede de proteção à fauna em Sergipe

A deputada estadual Kitty Lima (Cidadania) esteve reunida na manhã desta segunda-feira, 09, com o promotor de Justiça do Meio Ambiente e Urbanismo, Eduardo Matos, para tratar sobre a criação de uma coordenadoria de proteção à fauna em Sergipe por meio do Ministério Público Estadual (MPE). A iniciativa é fruto da visita que a parlamentar fez no mês passado ao MP de Minas Gerais, como vice-presidente do Grupo de Proteção à Fauna da União Nacional dos Legisladores (Unale), onde já funciona uma rede de proteção à fauna e à causa animal, e que tem como objetivo fortalecer o trabalho de fiscalização e combate à situações que coloquem o bem-estar animal em risco.

Durante a conversa com o promotor, Kitty explicou como o trabalho da rede de proteção tem funcionado em Minas Gerais e apresentado bons resultados graças à parceria entre promotores do Ministério Público que atuam de forma conjunta 24 horas às disposição da causa.

“Durante minha visita à Minas Gerais conheci o trabalho exemplar que eles desenvolve por lá de proteção à fauna e também à causa animal, uma ação desenvolvida por promotores empenhados em assegurar o direito e bem-estar dos animais”, disse.

De acordo com a parlamentar, a parceria engloba ainda uma delegacia da própria coordenadoria voltada à causa animal em parceria ainda com entidades como o Conselho Regional de Medicina Veterinária, que atuam de forma a resolver situações como de acumuladores de animais, casos de leishmaniose, maus-tratos e tantas outras problemáticas que afetam a causa animal.

“Estou trazendo essa proposta para Sergipe porque está comprovado que esse trabalho funciona em Minas Gerais, um estado bem maior que o nosso e com mais 800 municípios. Se dá certo por lá, tem tudo para dar certo aqui também. Será um trabalho em equipe, e nesse meu primeiro contato com o promotor Eduardo Matos ele se mostrou bastante entusiasmado e empenhado para fazer essa coordenadoria acontecer, tanto que ele ficou de agendar uma reunião com o promotor-geral do Ministério Público Estadual, Eduardo D’ávila, para que a gente possa debater de forma mais aprofundada sobre essa ideia”, comemorou Kitty.

A deputada lembrou ainda que a Unale pretende fomentar um diálogo nacional para implementar esse modelo de atuação de proteção à fauna em todo o país.

“A luta em defesa dos animais e de combate as mais diversas formas de situações que colocam a vida animal em risco precisa ser feita de maneira conjunta. Precisamos unir forças para fortalecer essa causa e mostrar, para todo o país, que existem pessoas empenhadas em cuidar e assegurar o direito dos nossos animais”, garantiu Kitty.

Por Felipe Maceió

Fonte: FAXAJU

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.