Despejo! Flórida rescindiu o contrato com o Miami Seaquarium por “violações significativas” contra a fauna marinha

Despejo! Flórida rescindiu o contrato com o Miami Seaquarium por “violações significativas” contra a fauna marinha
Miami Seaquarium. Foto: EFE

O Governo de Miami tomou a decisão de rescindir o contrato de arrendamento do Miami Seaquarium. É um dos mais antigos dos Estados Unidos e o motivo se deve às “numerosas e significativas violações e descumprimentos” em detrimento da fauna marinha do estabelecimento.

O governo local afirmou que o aquário, fundado em 1955, não conseguiu manter os animais de acordo com as leis e regulamentos federais e lembrou que o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos encontrou “várias violações”.

O estabelecimento ficou amplamente conhecido pela polêmica em torno da orca Lolita, que morreu no ano passado depois de mais de meio século em cativeiro no aquário. A orca morreu devido a uma “progressão de múltiplas condições crônicas”, incluindo doença renal e pneumonia.

Miami Seaquarium. Foto: Reuters
Miami Seaquarium. Foto: Reuters

A polêmica envolvendo Lolita

Até sua morte, Lolita estava confinada em uma piscina de cerca de 18 metros de comprimento e profundidade máxima de 6,1 metros, e quando morreu estava sendo preparada para ser solta nas águas do Pacífico americano, de onde era tinha vindo.

O inquilino deve entregar a posse do imóvel ao condado de Miami-Dade até 21 de abril, segundo informou o canal Local 10, que tem denunciado constantemente a deterioração do aquário.
Em novembro passado, o governo da prefeita de Miami-Dade, Daniella Levine Cava, deu ao parque 45 dias para resolver seus problemas, e hoje emitiu o aviso de rescisão do contrato após os descumprimentos.

Miami Seaquarium. Foto: Reuters
Miami Seaquarium. Foto: Reuters

“O longo e perturbador histórico de violações do inquilino constitui violações repetidas, contínuas e duradouras das obrigações contratuais em manter a propriedade em bom estado de conservação, manter os animais de acordo com a lei aplicável e cumprir todas as leis”, detalha o comunicado.

O Miami Seaquarium cobre 15 hectares e está localizado na ilha de Virginia Key, na Baía de Vizcaíno, próximo ao centro de Miami. Além de mamíferos marinhos, o Miami Seaquarium já abrigou peixes, tubarões, tartarugas marinhas, pássaros e répteis.

Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: 26 Planeta

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.