Dezenas de cães envenenados em Vizela por disputas de caçadores, denuncia PAN

Dezenas de cães envenenados em Vizela por disputas de caçadores, denuncia PAN

A Comissão Política Distrital do PAN, Pessoas-Animais-Natureza, de Braga, questionou a Câmara Municipal de Vizela, em Portugal, sobre o envenenamento de dezenas de cães de caça.

De acordo com as denúncias, mais de uma dezena de animais foram envenenados em várias zonas de caça, no fim de semana da abertura do período. Ao que o PAN apurou, esta situação é, alegadamente, causada por disputas entre caçadores.

Para além de questionar o executivo sobre a situação concreta, a Comissão Política Distrital levantou ainda várias questões sobre a fiscalização da atividade no Concelho, assim como a data prevista para a retoma das reuniões do Conselho Cinegético, estas que se encontram suspensas.

Para o PAN, importa igualmente conhecer as medidas adotadas para garantir o respeito pelas espécies e número de espécies caçadas; a atualização e cumprimento das zonas de reserva de caça; e a razão para a abertura do período venatório com uma semana de antecedência em relação aos restantes Municípios.

“É uma situação absolutamente revoltante que demonstra um completo desrespeito pela vida dos animais”, afirma Rafael Pinto, porta-voz distrital, acrescentando “É preciso fortalecer a fiscalização da atividade cinegética para garantir que, dentro dos possíveis da atividade, seja garantido o respeito pela natureza e bem-estar animal”

Fonte: Semanário / mantida a grafia lusitana original 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.