ES colatina rinha materia146mes052016

Dezesseis pessoas são presas em rinha de galo em Colatina, ES

Nesse domingo (29), o Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) prendeu 16 pessoas em Córrego Barro Branco, em Colatina, após denúncias da prática de rinha de galo na região. Militares da 2º Companhia do BPMA ao chegarem ao local encontraram mais de 30 animais em condições precárias e com várias lesões, além de vários materiais utilizados nas brigas.

Os militares constataram a rinha em pleno funcionamento e apreenderam 36 galos, vítimas de crueldade. Os animais apresentavam as esporas cortadas e com várias lesões oriundas de combates recentes e eram mantidos em gaiolas com pouca iluminação, ventilação e com espaço reduzido para movimentação.

No local, também foram encontrados objetos habitualmente usados em rinhas de galo, como esporas plásticas e arcos com serras, as quais são supostamente utilizadas para serrarem as esporas.

Com a confirmação das denúncias do crime de maus-tratos, os animais e os objetos foram apreendidos e juntamente com os infratores foram encaminhados para ao plantão policial de Colatina. Os animais foram encaminhados para o Projeto Cereias, em Aracruz.

A Polícia Ambiental orienta que atos de abusos e maus-tratos configuram crime ambiental, e devem ser comunicados à Polícia Militar, portanto sempre que alguém testemunhar algum animal sendo maltratado pode e deve procurar informar o fato aos órgãos ambientais para serem tomadas as medidas cabíveis.

Fonte: Jornal Fato

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.