Dezoito gatos são encontrados mortos na Maraponga, CE

Dezoito gatos são encontrados mortos na Maraponga, CE

A Sociedade Protetora dos Animais no Ceará (SPA-CE) suspeita de que alguém teria adestrado cachorros para cometer a matança. É a segunda vez que crime do tipo ocorre no local.

CE gatos mortos

Dezoito corpos de gatos foram encontrados com diversas lesões nesse domingo, 19, no Parque Ecológico da Lagoa da Maraponga. Os animais habitavam no local, com suporte dos moradores da região, que destinavam uma barraca com comida e água para os animais.

Francisca Alvino Lima, moradora da região, conta que, por volta das 2 horas do domingo, ouviu barulhos vindos do local. Ela identificou latidos e rosnados típicos de cachorros. Pela manhã, ela se deparou com os corpos. Francisca Alvino Lima ainda relata que, um dia antes, viu um homem com um cachorro “muito feroz” da raça pitbull no entorno da lagoa. Alguns dos gatos apresentavam marcas de mordida. A SPA acredita que pode ser esse homem o responsável pelo cachorro que cometeu a matança.

Um boletim de ocorrência sobre o caso (B.O.) foi registrado no 11º Distrito Policial (11º DP) por Márcio Sousa, presidente da SPA-CE. Ninguém foi ainda responsabilizado ou preso pelo crime ambiental.

É a segunda vez que uma matança do tipo ocorre no local: no dia 18 de agosto de 2014, 20 gatos foram encontrados mortos. O responsável pelo ataque de agosto de 2014 não foi identificado. Pela semelhança das duas ações, Márcio Sousa acredita serem os mesmos os autores dos crimes.

Serviço

A SPA-CE recebe denúncias de maus tratos contra animais através do site da entidade (http://www.spa-ceara.org.br/index.htm) e do número de seu presidente: (85) 9.9767.4651.

Fonte: O Povo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.