DF terá ‘cãominhada’ contra projeto que estabelece regras para a presença de cães nos parques

DF terá ‘cãominhada’ contra projeto que estabelece regras para a presença de cães nos parques

Internautas marcaram um protesto no 26 de abril, no Parque da Cidade. 

Tutores de cães do Distrito Federal marcaram uma “cãominhada” para protestar contra a aprovação do Projeto de Lei que estabelece uma série de regras para a presença dos animais em parques urbanos e ecológicos. A manifestação foi marcada por meio das redes sociais. Na página “Cãominhada contra lei que proíbe cães em parques públicos do DF”, diversas pessoas demonstraram insatisfação com a atitude dos deputados distritais.

Na terça-feira (15), a Câmara Legislativa aprovou a proposta que diz que, independente do porte do animal, ele só pode permanecer na área de lazer em locais cercados. Mesmo nestes espaços, devem portar coleiras e focinheiras e estar acompanhados de pessoas maiores de 18 anos. Quem descumprir a lei pode ser multado em R$100.

O evento está marcado para o próximo sábado (26), no Parque da Cidade, no estacionamento do kart. A caminhada deve percorrer cerca de um quilômetro até a sede da Administração do local. Os manifestantes planejam levar faixas e cartazes de repúdio ao projeto. Os deputados distritais votaram a proposta em dois turnos, sem contestação de nenhum dos parlamentares. Agora, a matéria segue para análise do governador Agnelo Queiroz, que pode sancionar ou vetar. 

No projeto, a ex-deputada Luzia de Paula, autora da proposta, sugere que o governo e ONG’s (Organização Não Governamental) de proteção aos animais firmem parcerias para criação de espaços específicos para passeio e treinamentos dos animais no interior dos parques. Estes locais, pela proposta, deverão ser cercados com material removível e distantes das vias de caminhada, ciclovias ou áreas de convívio social.

Os organizadores da “cãominhada” estabeleceram algumas regras para a participação dos cães:

1. Não leve cadelas no cio;

2. Recolher todos os dejetos sólidos do seu cão;

3. Não estimular disputa territorial;

4. Não deixar seu cão solto;

5. Não estimular a disputa territorial; (sic)

6. Não alimentar seu cão próximo a outros;

7. Manter seu cão hidratado e descansado. 

Fonte: R7

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.