Dia dos Direitos Animais entra no calendário oficial de Curitiba

Com 25 votos favoráveis, os vereadores de Curitiba aprovaram, nesta terça-feira, que a data de 4 de outubro seja identificada, no calendário oficial da cidade, como Dia Municipal dos Direitos Animais. Os parlamentares debateram a matéria, de iniciativa do vereador Professor Galdino (PSDB), por quase uma hora dentro da sessão plenária (005.00072.2013).

Ao pedir o apoio dos parlamentares à iniciativa, Galdino disse que a humanidade caminha “do antropocentrismo ao biocentrismo”, com o homem deixando de ser o centro das atenções em prol de um “respeito maior à vida como um todo”. “Desde que me tornei vereador, já destinei R$ 1,5 milhão em emendas parlamentares para a Defesa Animal”, discursou o vereador.

“O animal sofre o que nós sofremos. Tem fome, sede, stress, mas não consegue falar. O Dia dos Direitos Animais não será uma mera data, pois será uma oportunidade de conscientização”, afirmou Galdino. Ele citou ações de proteção realizadas em Curitiba após a entrada em vigor da lei municipal 13.908/2011, que combate os maus-tratos a bichos. “Já foram estourados mais de 100 cativeiros”, relatou.

Fonte: Bem Paraná 

Nota do Olhar Animal: Criar datas relacionadas aos bichos que coincidam com o Dia Internacional dos Animais, também celebrado em 4 de outubro, têm pouca serventia, pois acabam ofuscadas pela data mundial. E assim, perde-se a oportunidade de se ter mais um momento no ano dedicado a ações em favor do animais, por exemplo, com ações educativas. A data regional acaba sendo inócua e, por fim, esquecida.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.