Diadema (SP) cadastra animais para fazer procedimentos de castração de graça

Diadema (SP) cadastra animais para fazer procedimentos de castração de graça

Por Renata Rocha 

SP diadema 21141bca6e

A Prefeitura de Diadema iniciou ontem o cadastramento de cães e gatos da cidade para realização de castração e microchipagem gratuita. No primeiro dia, foram inscritos 100 animais. Ao todo, a administração estima que serão realizados 2.200 procedimentos.

A ação visa diminuir a superpopulação de bichos, além de evitar doenças do sistema reprodutor. Os machos ficam menos agressivos e as fêmeas não entram no cio.

“Fiquei sabendo do cadastro pelo cartaz de divulgação e achei ótimo. Estou com meu gato há um ano e, como às vezes ele passeia na rua, não quero que faça vários filhotes por aí. E com o chip fico menos preocupada de ele sumir”, destaca a desempregada Rosângela Dantas Teixeira, 26 anos.

Animais com idade mínima de 4 meses e máxima de 9 anos poderão ser submetidos ao procedimento. Ainda não há data para início das cirurgias. Durante a castração será implantado chip sob a pele do animal, que terá dados como endereço, nome e telefone do tutor.

Após o procedimento, o animal deve ficar em observação para que não arranque os pontos, utilizando colar protetor ou roupa cirúrgica. O dono só pagará as medicações pós-procedimento, como antibióticos e analgésicos.

O cadastro poderá ser feito nas Emebs (Escolas Municipais de Educação Básica) Novo Eldorado (Estrada Pedreira do Alvarenga, 275, Eldorado) e Cecília Meireles (Rua Marechal Deodoro, 46, Vila Dirce), até o dia 18, das 9h às 16h. Em dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo, o atendimento vai até as 11h. Já entre os dias 23 e 25, o cadastro poderá ser realizado no mesmo horário nas Emebs Santo Dias (Rua 26 de Abril, 301, Jardim Canhema) e José Rodrigues Pinto (Rua Sebastião Fernandes Tourinho, 60, Vila Nogueira).

Para participar, o tutor deve apresentar documento com foto, comprovante de residência e de renda ou cartão do Programa Bolsa Família.

Fonte: Diário do Grande ABC 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.