Dizia resgatar gatos mas vendia a sua carne a restaurantes

Dizia resgatar gatos mas vendia a sua carne a restaurantes
Dizia resgatar gatos abandonados mas vendia a sua carne para consumo © iStock

Costuma dizer-se sobre um burlão que ‘vende gato por lebre’. Neste caso, a expressão pode ser usada literalmente.

IMAGENS FORTES

Huang Fuping dizia-se “amante de animais” e alegava acolher gatos vadios em sua casa. Em vez disso, estava a vende-los a restaurantes dizendo que eram coelhos.

Vendia os animais sem cabeça nem pelo, a cerca de três euros o quilo.

Segundo a Reuters, as autoridades encontraram em sua casa, em Chengdu, na China, centenas de carcaças de gatos num espaço convertido em autêntico matadouro. Apenas 49 gatos foram resgatados com vida.

Segundo o Chengdu Business Daily, Huang Fuping mantinha o negócio fraudulento há 30 anos.

 © REUTERS
© REUTERS
 © REUTERS
© REUTERS

Mantida a grafia lusitana original.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.