Dois anos depois, Contagem (MG) retoma castração; fila chega a 18 mil animais

Dois anos depois, Contagem (MG) retoma castração; fila chega a 18 mil animais
Castração ajuda a evitar superpopulação de cães e gatos. Serviço será feito em animais resgatados por ONGs (foto: Luci Sallum/Prefeitura de Contagem)

Dois anos depois de suspender o serviço, a prefeitura de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, vai retomar a castração de cães e gatos. A cirurgia, que é também uma questão de saúde pública, será gratuita e atenderá também a população de animais em geral.

Hoje, segundo levantamento feito pela própria administração, 18 mil animais estão aguardando pelo procedimento. A retomada do serviço só foi possível após a liberação de uma verba de R$ 2 milhões para a compra de equipamentos, insumos e contratação de profissionais.

“A castração é uma parte importante do programa de guarda responsável. O conhecimento do conceito da saúde única (saúde humana, saúde ambiental e saúde animal) com o envolvimento de vários setores e atuações será fundamental para o bem estar de todos e todas”, explica o superintendente de Vigilância em Saúde de Contagem, José Renato de Rezende Costa.

Com a cirurgia, é possível controlar as crias. E, quando se fala em animais que são abandonados, isso é fundamental apara evitar uma superpopulação de cães e gatos que ficam soltos nas ruas.

Neste primeiro momento, serão atendidos protetores de animais e integrantes de Organizações Não Governamentais (ONGs) de defesa animal, segundo a diretora de Vigilância Ambiental e Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde, Samantha Leão.

“A expectativa é que sejam realizadas 30 castrações por dia — aproximadamente 600 por mês. Este número deve aumentar também em breve, já estamos finalizando a contratação de mais quatro veterinários”, afirma.

Apesar da intenção ser de zerar a fila que existe, outras pessoas que querem agendar a cirurgias podem entrar em contato. No caso de protetores e ONGs, o contato deve ser pelo e-mail [email protected] ou pelos telefones (31) 3351-3751 ou (31) 3351-3722. Uma visita dos veterinários do Centro de Controle de Zoonoses será realizada no local para avaliação do estado de saúde deles.

Para a população de animais em geral, a castração gratuita também estará disponível. Só que o cadastro deve ser feito pelo site da prefeitura de Contagem .

Apesar de recomendada, nem todos os animais podem fazer a cirurgia. Samantha explica que as esterilizações só podem ser feitas se:

  • o animal tem entre seis meses e oitos anos
  • não estiver anêmico e nem obeso
  • não ter sinais de esporotricose (ferimentos na pele causados por um fungo)
  • e ter obrigatoriamente exame negativo para leishimaniose atual de (seis meses) em caso de cães

Cadelas e gatas só podem ser submetidas à castração depois de 30 dias do cio ou 60 dias do parto.

Os animais que passarem pela cirurgia, recebem um microchip que tem todo o histórico, como o nome do tutor, onde foi resgatado ou adotado e quem está com a guarda dele.

Por Felipe Pereira

Fonte: Estado de Minas

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.