Cachorro é enterrado vivo pelo tutor e amigo em Jacareí — Foto: Arquivo Pessoal

Dois são detidos por enterrar cachorro vivo em Jacareí, SP, diz polícia

Dois homens foram detidos pela polícia na manhã desta quarta-feira (18) após serem apontados por uma testemunha como responsáveis pelo enterro de um cachorro vivo no Bandeira Branca, em Jacareí (SP). Na delegacia, eles admitiram o ato e disseram estar arrependidos (leia mais abaixo). O animal foi resgatado com vida e está internado em uma clínica veterinária. A dupla vai responder por maus-tratos.

Segundo a Polícia Civil, um morador presenciou nesta terça-feira (16) o momento que os dois homens enterravam o cão e achou suspeito. Ao se aproximar do local percebeu que o animal estava vivo. O morador desenterrou o cachorro e o levou até uma clínica veterinária.

A polícia recebeu uma denúncia anônima sobre o caso e com a ajuda de testemunhas conseguiu identificar os suspeitos. Eles foram levados para a delegacia para prestar depoimento.

Em entrevista à uma equipe da TV Vanguarda, o dono do cachorro e responsável pelo enterro contou que o animal era idoso, estava doente e que decidiu enterrá-lo como forma de ‘amenizar a dor que o animal sentia’.

Ele disse ainda que pediu ajuda a um amigo para agir. Os dois disseram que não tinham conhecimento do que fazer, em relação à situação do cachorro, e que estão arrependidos.

Cachorro é enterrado vivo pelo tutor em Jacareí — Foto: Arquivo Pessoal
Cachorro é enterrado vivo pelo tutor em Jacareí — Foto: Arquivo Pessoal

Estado grave

O dálmata se chama Billy, tem 12 anos, e recebeu o primeiro atendimento em uma clínica veterinária de Jacareí.

Segundo a veterinária que o atendeu, e que preferiu não ser identificada, o animal tinha ferimentos e cortes nas orelhas e no pescoço. Ainda de acordo com a clínica, o cachorro chegou em estado crítico, estava inconsciente e passou a noite internado, recebendo cuidados.

O cão foi transferido ainda à noite para outra clínica, que optou por não informar à reportagem o estado de saúde do cão.

A Polícia Civil informou que está investigando o caso e que os dois homens vão responder por maus-tratos.

Por Pedro Melo e Alice Aires, G1 Vale do Paraíba e Região

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.